28°
Máx
17°
Min

Maurício Muniz, secretário do PAC, é o novo ministro da Secretaria dos Portos

O Palácio do Planalto confirmou na noite desta quarta-feira, 20, que o secretário do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Maurício Muniz, será o novo ministro da Secretaria dos Portos. Muniz ocupará a vaga de Helder Barbalho, que pediu na segunda-feira, 18, para deixar o cargo. A exoneração de Barbalho foi confirmada hoje à tarde.

Com a confirmação de Muniz no cargo, o governo Dilma terá oito ministros respondendo interinamente pelos cargos, após a saída dos titulares. São eles Ricardo Leyser (Esporte), que assumiu a vaga de George Hilton; Alberto Alves (Turismo) no lugar de Henrique Eduardo Alves; Josélio de Andrade Moura (Integração Nacional), no lugar de Gilberto Occhi; Eva Chiavon, (Casa Civil), no lugar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que depende de autorização do STF; Guilherme Ramalho, (Secretaria de Aviação Civil), na vaga de Mauro Lopes; Emília Curi, no lugar de Celso Pansera (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação); Marco Antônio Martins Almeida, em substituição a Eduardo Braga (Minas e Energia) e Inês da Silva Magalhães (Ministério das Cidades), no lugar de Gilberto Kassab.

A reportagem apurou, no entanto, que a presidente deve nomear Alessandro Teixeira para o Ministério do Turismo na vaga de Henrique Eduardo Alves. Teixeira é presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e foi um dos coordenadores do programa de governo de Dilma à reeleição, em 2014.