26°
Máx
19°
Min

Monteiro diz que tem disposição para votar impeachment, mas depende de Dilma

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, disse nesta segunda-feira, 2, que ainda tem tarefas para concluir na pasta, mas se colocou à disposição da presidente Dilma Rousseff para voltar ao Senado e participar à favor do governo na votação de admissibilidade do processo de impeachment na Casa.

"Tenho ainda algumas tarefas que devem ser concluídas e medidas a serem lançadas até sexta feira, mas a presidente Dilma que definirá (sobre ida ao Senado). Se ela me liberar, terei disposição para votar no Senado no dia 11. Me sinto com disposição para afirmar minha posição de solidariedade ao governo de Dilma", completou.