27°
Máx
13°
Min

Mulher de ministro posta fotos provocantes no Facebook

Após a posse do marido Alessandro Teixeira, nesta segunda-feira, 25, como novo ministro do Turismo, a Miss Bumbum de Miami 2013, Milena Santos, postou em sua página pessoal do Facebook fotos provocantes marcando sua estreia como "primeira-dama" da pasta. Alessandro Teixeira foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff na semana passada, em substituição a Henrique Eduardo Alves, que deixou o cargo após o anúncio do rompimento do PMDB, com o governo. A assessoria do Ministério confirmou que as fotos foram feitas no gabinete de Teixeira.

"Compartilhando com meus amigos meu primeiro dia de Primeira Dama do Ministério do Turismo do Brasil. Te amo meu amor, juntos somos mais fortes! Não é atoa que ao lado de um grande Homem, existe sempre uma linda e poderosa mulher", afirmou Milena Santos, que concorreu por três vezes a vereadora pelo PSL, em Salvador. Ela avisa nas redes sociais, no entanto, que este ano não vai concorrer porque, lembrando o que lhe disse "um "pseudo" secretário municipal", "política é feita para pessoas que não possuem escrúpulos, como era o tal secretário, que fazia política desviando verbas públicas que deveriam auxiliar pessoas pobres para seu próprio benefício".

Alessandro Teixeira, que trabalhou com a presidente Dilma Rousseff, como coordenador do programa de governo da campanha de reeleição, em 2014, antes de assumir o Ministério do Turismo, ocupava a presidência da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). Ele foi também secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Em nota, o ministro explicou que "sua mulher, a ex-vereadora de Salvador Milena Santos publicou fotos com seu marido sem imaginar que iria despertar o interesse da mídia". O ministro também "repudiou a exposição da intimidade do casal" e "lamentou" que tenham sido "resgatadas fotos antigas para denegrir a imagem dos dois".

Em sua página, Milena Santos critica as manifestações que estão sendo feitas no País contra a presidente Dilma. "Se o que querem é dizer não à corrupção, ela não será resolvida com a queda da presidenta e seu partido... Infelizmente corrupção existe dêsde (sic) que o Brasil é Brasil, Ou esquecemos que o futebol e o nosso carnaval são comandados por criminosos e golpistas??? Se fosse para acabar com a corrupção hoje, todos os partidos deveriam ser banidos e seus líderes também", prossegue ela. E emendou: "Deveríamos parar com a hipocrisia do quem não mama chora e refazer algumas leis, tais como: Ficha limpa , Foro privilegiado, Quebra de cigilo (sic) bancário para políticos... Desculpem os ignorantes, mais o que vejo claramente é um grupo que não está no poder querendo derrubar o outro que está! No final das contas , só existe um perdedor ....nós, que vamos pagar mais essa conta!!!"