21°
Máx
17°
Min

Nas redes sociais, senadores pró e contra Dilma consideram condenação como certa

Em manifestações na manhã desta quarta-feira, 31, nas redes sociais, tanto senadores pró-impeachment como aqueles que são contrários ao afastamento de Dilma Rousseff sinalizam que consideram a condenação da petista como certa.

Jorge Viana (PT-AC) destacou no Twitter a fase final do julgamento e o fechamento do restaurante Piantella, de Brasília, conhecido por ser frequentado por Ulysses Guimarães. "Dr Ulysses ficará triste nos 2 casos: fez a Constituição e adorava Piantella", escreveu o senador.

Humberto Costa (PT-PE) voltou a afirmar que o processo é um "golpe travestido de impedimento".

No Facebook, Fátima Bezerra (PT-RN) classificou o dia como "muito triste". "Isso ficará como o dia da infâmia e este Senado estará escrevendo uma das páginas mais deploráveis da história", afirmou a parlamentar, sobre a eventual condenação da presidente afastada.

O oposicionista Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou no Twitter que o País escreve "uma página decisiva na sua história, devido à arrogância de um governo que achou que poderia se colocar acima das leis".

José Agripino (DEM-RN) manifestou que aposta em mais de 54 votos pelo afastamento definitivo. Romero Jucá (PMDB-RR), ex-ministro e um dos maiores aliados do presidente interino Michel Temer, também classificou o dia como definitivo para "virar a página."