28°
Máx
17°
Min

No Twitter, Cunha avisa que não comparecerá à sessão CCJ que analisará recurso

O presidente da Câmara afastado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), avisou nesta quarta-feira, 6, pelo Twitter que não comparecerá à sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que analisará seu recurso contra o processo de cassação aprovado pelo Conselho de Ética. "Decidi não comparecer por enquanto, já que será feita a leitura e terá pedido de vistas regimental de 2 sessões", escreveu. Havia um suspense se ele viria ou não.

Cunha afirmou que pretende vir futuramente à CCJ para fazer sua defesa pessoalmente. "De qualquer forma, estarei pronto para comparecer a qualquer momento, caso se altere essa previsão", completou.

Pouco antes da abertura da sessão nesta quarta-feira, os grupos à favor e contra Cunha faziam as contas de quantos votos teriam se a votação do parecer do relator Ronaldo Fonseca (PROS-DF) fosse hoje. Os adversários do peemedebista acreditam que têm até 35 votos contra o deputado afastado e no máximo 30 à favor do representado.