22°
Máx
14°
Min

Oposição pede investigação por 'compra de votos'

Partidos de oposição acionaram a Justiça e a Polícia Federal para que investiguem suspeita de compra de votos pelo governo. O grupo quer ainda que a PF instaure inquérito para apurar a obstrução de rodovias federais por movimentos sociais ligados ao PT. Segundo a oposição, a presidente Dilma, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os governadores Ricardo Coutinho (PSB-PB), Waldez Góes (PDT-AP), Camilo Santana (PT-CE) e Wellington Dias (PT-PI) atuam para angariar votos favoráveis ao governo.

As legendas apontam como provas dos supostos crimes a oferta de cargos e nomeações publicadas no Diário Oficial da União nos últimos dias.

O deputado Paulo Feijó (PR-RJ) é um dos que teria recebido oferta de dinheiro para mudar seu voto a favor do impeachment. A informação foi divulgada pelo O Globo. Ao jornal O Estado de S. Paulo, ele confirmou ter sido chamado para uma reunião, mas negou que tenham lhe oferecido valores. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.