20°
Máx
14°
Min

Oposição quer que ministro da Justiça explique no Senado sobre intervenção na PF

A oposição no Senado quer mais explicações do novo ministro da Justiça, Eugênio Aragão, sobre a condução da Polícia Federal diante de possíveis vazamentos. Dois senadores já apresentaram requerimentos à Comissão de Constituição e Justiça para que o ministro Aragão venha ao Senado prestar esclarecimentos sobre declarações dadas na semana passada. Os pedidos devem ser analisados na próxima quarta-feira, 23, pelo colegiado.

O ministro Aragão disse em entrevista à Folha de S.Paulo que "trocaria toda a equipe da Polícia Federal" diante de qualquer "cheiro" de vazamento. Os senadores Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e Alvaro Dias (PV-PR) apresentaram à Comissão de Constituição de Justiça requerimentos para que o ministro dê explicações sobre a declaração. Para que o ministro seja convidado, entretanto, é preciso que o requerimento seja aprovado em votação na comissão. Os senadores esperam votar o requerimento já na próxima quarta-feira.

"As primeiras manifestações do novo ministro são preocupantes à medida em que revelam um desejo incontido de manipular as operações da Polícia Federal. Por isso, convidamos o ministro para que possamos debater todos os aspectos relacionados à necessidade da PF continuar atuando de maneira autônoma", afirmou Ferraço.