22°
Máx
16°
Min

Pequeno grupo favorável a Dilma já se aglomera na Avenida Paulista

(Foto: FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDO) - Pequeno grupo favorável a Dilma já se aglomera na Avenida Paulista
(Foto: FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDO)

Um pequeno grupo de manifestantes favoráveis à presidente Dilma Rousseff já começava, por volta das 10h desta sexta-feira, 18, a se aglomerar no vão do Museu de Arte de São Paulo (Masp). Uma faixa com o texto "Somos Todas Dilma" foi colocada na calçada. Não há interdição de vias.

Às 9h desta sexta, a polícia usou jato de água e bomba de efeito moral para dispersar manifestantes contrários ao governo Dilma Rousseff, que interditavam a Avenida Paulista desde a noite de quarta-feira (16) e se recusavam a deixar o local.

Naquele dia, foi anunciado que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiria como ministro-chefe da Casa Civil. A cerimônia de nomeação ocorreu nesta quinta-feira, 17, mas liminares suspenderam atos oficiais de Lula na pasta.

Embora cerca de 20 manifestantes de oposição a Dilma ainda estivessem por volta das 10h próximos ao prédio da Fiesp, não houve registro de confronto. O grupo vestia camisetas da seleção brasileira, mas não gritava palavras de ordem, nem trazia faixas, bandeiras ou cartazes.