22°
Máx
14°
Min

PF deflagra 33ª fase da Operação Lava Jato

(Foto: Arquivo / EBC) - PF deflagra 33ª fase da Operação Lava Jato
(Foto: Arquivo / EBC)

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (2), a 33ª fase da Operação Lava Jato, intitulada de "Resta Um". São cumpridos 32 mandados judiciais, entre eles 23 mandados de busca e apreensão, dois de prisão preventiva, um de prisão temporária e seis de condução coercitiva. As ações são realizadas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Minas Gerais. Desta vez, o alvo é a empreiteira Queiroz Galvão. 

Atualização

De acordo com a Polícia Federal, esta fase da Operação Lava Jato engloba a participação da construtora da Queiroz Galvão no chamado “cartel das empreiteiras”, que se organizava para a execução de obras contratadas pela Petrobras. As obras investigadas nesta operação são referentes ao Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, Refinaria Abreu e Lima, Refinaria Vale do Paraíba, Refinaria Landulpho Alves e Refinaria Duque de Caxias. A Queiroz Galvão possui o terceiro maior volume de contratos investigados dentro da Lava Jato.

Os executivos da construtora são investigados pela prática sistemática de pagamentos indevidos a diretores e funcionários da Petrobras, além de repasses de valores para partidos políticos “travestidos de doações oficiais através de operadores”, conforme a PF. Estas transações ocorriam por meio de operadores no Brasil e pagamentos no exterior como contrapartidas pela obtenção de contratos com a estatal.

Segundo a PF, esta fase da Lava Jato também investiga possíveis tentativas de obstrução feitas por executivos da Queiroz Galvão durante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) realizada no Senado em 2009 para investigar as irregularidades na Petrobras.

Os alvos da Operação Resta Um são investigados pelas práticas de crimes de corrupção, formação de cartel, associação criminosa e lavagem de dinheiro. O nome da operação é uma referência, de acordo com a PF, à investigação da última empresa de grande porte envolvida no esquema de corrupção ligada à Petrobras.

Mais esclarecimentos sobre a 33ª fase da Operação Lava Jato serão divulgadas ainda hoje em Curitiba.