22°
Máx
16°
Min

Placar do Impeachment mostra 277 votos a favor e 114 contra afastamento de Dilma

(Foto: Lula Marques/ Agência PT) - Placar do Impeachment mostra 277 votos a favor e 114 contra afastamento de Dilma
(Foto: Lula Marques/ Agência PT)

Um dia depois de a bancada do PSB declarar apoio ao afastamento da presidente Dilma Rousseff, três deputados da legenda mudaram de posição e agora apoiam o processo de impeachment, segundo levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta sexta-feira, 8. Tadeu Alencar (PE), Átila Lira (PI) e Leopoldo Meyer (PR), que antes apareciam como "indefinidos" ou "sem resposta", confirmaram agora o voto contra a presidente.

Outros quatro deputados afirmaram que continuam com o voto indefinido, mesmo após o anúncio da bancada: Hugo Leal (RJ), Gonzaga Patriota (PE), Bebeto (BA) e Janete Capiberibe (AP).

Os deputados César Messias (AC), Tenente Lúcio (MG) e José Reinaldo (MA) não foram localizados. Já Rafael Motta (RN) não retornou contato feito com a sua assessoria. O restante da bancada do PSB, que representa 20 parlamentares, já havia anunciado voto a favor do impeachment.

Até às 12h30 desta sexta-feira, o placar do impeachment apontava que 277 deputados são a favor do afastamento da presidente, e 114 votam contra o processo. Neste horário haviam ainda 62 indecisos e 60 não responderam.