28°
Máx
17°
Min

Planalto tem nu artístico na noite do impeachment de Dilma

Na noite do impeachment da presidente cassada Dilma Rousseff, o Palácio do Planalto viveu uma situação inusitada. Um ensaio fotográfico de nu artístico foi realizado no quarto andar do palácio, um acima do gabinete do presidente Michel Temer, conforme revelou ontem o portal estadao.com.br. O trabalho foi desenvolvido pela artista plástica e maquiadora Ana Siqueira, que pinta modelos com reproduções do artista Athos Bulcão. A pintura, nesse caso, foi feita em uma modelo, que teve seus seios e braços pintados iguais aos azulejos de Bulcão, que, ao final, se confunde com a parede.

A performance artística passaria despercebida se o local não fosse o palácio e o horário, entre as 22 horas e as 2 horas, não tivesse sido a noite de um dia tenso, quando Dilma, no início da tarde, foi afastada definitivamente e Temer inaugurava seu governo efetivo. No momento do ensaio, Temer estava voando para a China.

A movimentação, apesar da hora, provocou curiosidade de funcionários do Planalto e da segurança, que não havia sido avisada. A autorização para a realização do ensaio foi dada pela funcionária da Coordenação de Relações Públicas da Presidência (Corep) Anna Karina Maiorana, que exercia função comissionada, e foi demitida por isso.

A Secom disse que "não autorizou" a realização do ensaio e que o trabalho "extrapolou qualquer autorização". Considerou ainda que "houve uma certa permissividade no ambiente do Planalto" e que "não houve" autorização para realização de vídeo.

A gravação foi feita pela própria artista plástica e pelo fotógrafo Kazuo Okubo e postada no Facebook. Durante a execução dos trabalhos, Ana ironiza, dizendo que a equipe estava no Palácio do Planalto, que chama de a "Casa Branca" brasileira. O vídeo pode ser visto no endereço: estadao.com.br/e/nunoplanalto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.