28°
Máx
17°
Min

PM estima 50 mil pessoas no ato pró-Dilma em frente ao Congresso

Os participantes do ato Jornada Nacional pela Democracia - Golpe Nunca Mais, em favor da presidente Dilma Rousseff, começam a se reunir em frente ao Congresso Nacional, após caminhada que teve início no estacionamento do Estádio Mané Garrincha. Os manifestantes já falam na presença de 100 mil pessoas no ato, mas a Polícia Militar não confirma esse número e fala em 50 mil pessoas.

Os participantes do ato começaram a chegar em Brasília, na manhã desta quinta-feira, 31, em caravanas vindas de vários Estados do País. Todos os participantes de fora da cidade receberam alimentação e água dos organizadores do evento, que tem o apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Até o momento, não há registro de grandes ocorrências, apenas um manifestante teria se ferido e foi socorrido. A PM mantém 870 policiais acompanhando o movimento e pode acionar outros, se houver necessidade. O Corpo de Bombeiros está no local com 206 militares e 26 viaturas. Toda a operação está sendo monitorada a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), localizado na Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal.

A PM fez um cordão de isolamento em frente ao Congresso Nacional e a cavalaria também está de prontidão. As entradas do Palácio do Planalto, do Itamaraty e do Palácio da Justiça estão protegidas com grades de ferro.