27°
Máx
13°
Min

Polícia expulsa grupo acampado perto da casa de Temer em SP

A Polícia Militar expulsou os manifestantes acampados perto da casa do presidente em exercício Michel Temer em São Paulo na madrugada desta segunda-feira, 23. A corporação utilizou jatos de água e bombas de gás lacrimogêneo para dispersar o grupo de cerca de 150 pessoas liderado pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST).

Os manifestantes decidiram montar barracas próximo à residência de Temer, no Alto de Pinheiros, após uma passeata desde o Largo da Batata, a quase três quilômetros do endereço do peemedebista, na tarde deste domingo, 22. Eles protestavam contra a decisão do governo de suspender novas contratações do programa "Minha Casa, Minha Vida".

Segundo o MTST, a ação da polícia foi desproporcional ao protesto, que estava pacífico, afirma. A reportagem procurou a PM para comentar o assunto, mas ainda não conseguiu contato.