27°
Máx
13°
Min

Presidente da CCJ da Câmara defende que mesa Diretora casse ato de Maranhão

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), defendeu nesta segunda-feira, 9, que a Mesa Diretora casse o ato do presidente interino da Casa, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), que anulou a sessão em que a Câmara aprovou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

De acordo com Serraglio, Maranhão "invadiu" a competência exclusiva da Mesa Diretora ao decidir monocraticamente pela anulação da sessão. O presidente da CCJ afirma que o certo seria o deputado do PP ter submetido sua decisão aos outros integrantes da Mesa. "A Mesa pode se reunir extraordinariamente e cassar a decisão. Ele invadiu a competência da Mesa Diretora", afirmou.

O 1º secretário da Câmara, deputado Beto Mansur (PRB-SP), informou que a Mesa Diretora deve se reunir nesta terça-feira, 10, para tratar da decisão de Maranhão. Segundo ele, o objetivo do encontro é chamar Maranhão para discutir maneiras de ele revogar o ato. O parlamentar paulista disse que é preciso "convencer" Maranhão a seguir as regras da Casa.