22°
Máx
16°
Min

Procuradores ironizam o fato de Janot ter sido chamado de "mau caráter"

Integrantes do Ministério Público Federal ironizaram, em mensagens nas redes sociais, o fato de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ter sido chamado de "mau caráter" em uma conversa entre o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Em sua conta no Twitter, o procurador Hélio Telho brincou com a situação. "Após receber xingamentos de três políticos investigados, Janot pode pedir música no Fantástico?", disse, em relação a uma brincadeira exibida no programa dominical da Rede Globo.

Já a procuradora Monique Cheker postou um gif animado do ator Leonardo Di Caprio batendo palmas, insinuando que Janot estava de parabéns por ter sido mencionado dessa maneira nas gravações.

Os dois também reproduziram tweets de um advogado que afirmava que Janot havia sido "honrosamente xingado pela oligarquia política".

A gravação na qual Machado e Renan trocam impressões sobre Janot foi revelada nesta quinta-feira, 26, pelo Jornal Hoje, da TV Globo. O peemedebista é alvo de ao menos nove inquéritos no Supremo devido às investigações da Lava Jato e Machado também é alvo de investigações na Corte.

Além de dizer que Janot era mau caráter, Renan afirmou que ele "faz tudo que essa força-tarefa (Lava Jato) quer". Machado concordou e disse que Janot queria "sair como herói" e afirmou que era preciso "encontrar uma fórmula de dar um chega pra lá nessa negociação ampla pra poder segurar esse pessoal (Lava Jato). Eles estão se achando o dono do mundo".

A assessoria da Procuradoria-Geral da República afirmou que não iria comentar o caso. (Isadora Peron)