24°
Máx
17°
Min

Propina de empreiteira virou doação legal às campanhas de Dilma, diz jornal

(Foto: Lula Marques/ Agência PT) - Propina de empreiteira virou doação legal às campanhas de Dilma, diz jornal
(Foto: Lula Marques/ Agência PT)

O jornal Folha de São Paulo, em sua edição desta quinta-feira (7), afirma que a empreiteira Andrade Gutierrez fez doações legais às campanhas da presidente Dilma Rousseff em 2010 e 2014. No entanto, os recursos seriam oriundos de propinas relacionadas a obras superfaturadas.

De acordo com a publicação, estes dados fazem parte da delação premiada firmada pelo ex-presidente da empreiteira, Otávio Marques de Azevedo, que foi alvo da Operação Lava Jato. A delação aguarda homologação no Supremo Tribunal Federal (STF).

Azevedo afirmou que a empreiteira doou R$ 20 milhões para o comitê da campanha de Dilma em 2014 e outros R$ 10 milhões para a campanha de 2010. Também há registro de doação para campanhas em 2012.

Os recursos tiveram origem em propinas relacionadas a contratos da Andrade Gutierrez nas obras do Complexo Petroquímico do Rio, da usina nuclear de Angra 3 e da hidrelétrica de Belo Monte, segundo o jornal.