24°
Máx
17°
Min

Proposta de novas eleições pode ser solução para crise, diz vice-presidente do PT

O vice-presidente nacional do PT e líder da Minoria na Câmara, deputado José Guimarães (CE), disse nesta sexta-feira, 10, que a realização de uma consulta popular sobre novas eleições poderia ser a saída da crise política e econômica. Questionado sobre a viabilidade da aprovação do projeto na Câmara, o petista desconversou. "Não quero discutir esse negócio mesquinho de se tem ou não tem voto."

Para Guimarães, a presidente afastada Dilma Rousseff expôs ontem, durante entrevista à TV Brasil, um leque de possibilidades para a crise brasileira. "O governo provisório não reúne condições para tirar o País da crise, não diz a que veio, (o ministro da Fazenda) Henrique Meirelles só fica fazendo firula. Então, consultar a população pode ser uma saída. Não podemos nos recusar a discutir qualquer saída", declarou o líder.

Questionado se a proposta seria tardia, como alegam alguns parlamentares, Guimarães negou. Para ele, "lá atrás" a crise não era tão grave e hoje a situação se agravou. "Agora é a hora, o assunto está maduro. Esse movimento tende a ganhar corpo dentro e fora do PT, os democratas do País não podem se recusar a discutir uma saída, pois todo mundo percebeu que esse governo não dá, é fraco, é frágil e sem corpo", criticou.

Somente o Congresso Nacional tem o poder de convocar um plebiscito. A proposta precisaria ser apresentada por no mínimo um terço dos senadores ou deputados e aprovada pelas duas Casas por maioria simples. Na noite desta quinta-feira, em entrevista veiculada pela TV Brasil, a presidente afastada admitiu pela primeira vez uma consulta popular caso ela reassuma a presidência da República.