21°
Máx
17°
Min

Protesto faz vereadores arquivarem projeto de reajuste de salários

Depois da presença em peso da população de Medianeira na Câmara Municipal, durante a sessão na tarde desta segunda-feira (10), os vereadores arquivaram, por unanimidade, o projeto de lei que previa o reajuste dos próprios salários. Os moradores engrossaram o coro e fizeram pressão pela retirada de pauta. Dezenas de pessoas ocuparam as cadeiras do Legislativo.

Pela proposta, os vencimentos dos vereadores subiriam para R$ 7.321,30 e o do presidente da Câmara para R$ 11.043,85.  De autoria da Mesa Diretora, o projeto foi votado em primeiro turno antes das eleições municipais. A previsão era conseguir a aprovação definitiva na tarde de hoje.

A justificativa foi apresentada com base no índice aplicado na Lei Municipal 113, de 6 de julho de 2011. Os autores também citaram o artigo 37 da Constituição Federal e a instrução normativa 72/2012, do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). Em suma, a reposição se daria tendo em vista as perdas inflacionárias referente a 2015.

Houve princípio de tumulto e a população estava bastante exaltada. O projeto foi retirado de pauta após requerimento verbal do presidente da Casa, Pedro Seffrin. Se aprovado, os parlamentares receberiam retroativos a 1º de janeiro.

Colaboração: Vinicius Machado/Rede Massa.

Protesto faz vereadores arquivarem projeto de reajuste de salários