22°
Máx
17°
Min

PSDB vai votar a favor do impeachment, diz Imbassahy

(Foto: Nilson Bastian/ Câmara dos Deputados) - PSDB vai votar a favor do impeachment, diz Imbassahy
(Foto: Nilson Bastian/ Câmara dos Deputados)

O deputado e líder do PSDB na Casa, Antonio Imbassahy, afirmou na tarde deste domingo, 17, que a sigla vai votar a favor do impeachment de Dilma Rousseff, porque o "Brasil não pode ser governado por uma presidente que maculou o cargo" que ocupa. Em falas no plenário da Câmara, o tucano disse que a Casa não pode ignorar a vontade dos brasileiros, que desejam mudança.

Antonio Imbassahy disse que os deputados estão diante hoje de um momento histórico do País e pediu que os políticos tenham consciência do papel da Casa e de sua responsabilidade na escolha do Brasil que "queremos daqui para frente". O tucano afirmou ainda que cada deputado terá a oportunidade de escolher como entrar na história: pela porta da frente, com o sim ao impeachment, ou de mãos dadas com uma presidente "que mentiu para o País, cometeu crime de responsabilidade e, consequentemente, arruinou a economia" nacional.

O voto, de acordo com o líder do PMDB, é uma resposta ao brasileiros que perderam o emprego, penam por atendimento médico e viram redução dramática de recursos da economia, enquanto milhões de reais foram perdidos com corrupção. "Dilma disse que faria o diabo nas eleições e o fez", disse Antonio Imbassahy.

O político fez uma série de críticas ao governo de Dilma e ressaltou que a presidente mentiu para o País ao falar que não elevaria a conta de luz ou faria um tarifaço. "Eleita, ela traiu os brasileiros", afirmou. "É hora de decidir qual Brasil que os brasileiros merecem. O Brasil do mensalão, do petrolão, dos pixulecos?", questionou em seu discurso.