28°
Máx
17°
Min

Quase 10 mil policiais militares atuarão durante a Operação Eleições em todo o Paraná

(Foto: Divulgação/PMPR) - Polícia Militar reforça policiamento durante as Eleições
(Foto: Divulgação/PMPR)

A Polícia Militar vai reforçar o policiamento a partir das 8 horas de sábado (1) até o término das eleições no domingo (2), em todo o Estado. O objetivo é garantir a segurança e a ordem nos 5.044 locais de votação nos 399 municípios. A Operação Eleições contará com 9.948 militares estaduais. “A Polícia Militar já está atuando desde o início da semana intensificando ações e operações em todo o Estado do Paraná, as quais serão reforçadas durante o pleito eleitoral, além do patrulhamento rotineiro. O objetivo é que nós tenhamos um clima de tranquilidade, de paz, de segurança pública”, disse o Porta-Voz da Polícia Militar no Paraná, durante entrevista coletiva nesta manhã (29) no Quartel do Comando-Geral, em Curitiba.

Durante a operação a Polícia Militar do Paraná atuará por meio dos Comandos Regionais e do Comando do Corpo de Bombeiros, desenvolvendo ações em todos os 399 municípios do Paraná. Os policiais militares farão o policiamento presença nos locais de votação com a participação de outros órgãos de segurança pública e de fiscalização com o objetivo de garantir e preservar a segurança pública no território paranaense nas eleições. O Corpo de Bombeiros desenvolve ações de vistorias prévias nos locais de votação e apuração, com vistas à prevenção de incêndios e prestação de socorro, por meio do SIATE.

Nos grandes colégios eleitorais a exemplo de Curitiba, Maringá, Londrina, Cascavel e Foz do Iguaçu os detidos por crimes eleitorais serão encaminhados para fóruns, unidades da PM ou da Polícia Civil; já nas pequenas cidades serão entregues diretamente em delegacias da Polícia Civil.

Curitiba

A Operação Eleições contará com a Polícia Militar, a Guarda Municipal e a SETRAN. Ao todo, na Capital serão 414 locais de votação, sendo 166 escolas municipais que contarão com o auxílio da Guarda Municipal para segurança patrimonial, bem como nas instalações do TRE-PR e Fórum Eleitoral.

O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária, fará em Curitiba o acompanhamento das atividades desenvolvidas nas ruas, durante o período de votação. O espaço também será o canal oficial de repasse de informações, em tempo real, para o Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN).

Colaboração PM