21°
Máx
17°
Min

Reforma da Previdência dá resultados imediatos, diz Barbosa

Embora seja uma proposta a ser implementada a médio e longo prazos, a reforma da Previdência dá resultados imediatos para a economia, disse nesta sexta-feira, 19, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa. "O efeito é imediato porque sinaliza uma maior estabilidade das contas públicas", afirmou.

Com isso, acrescentou o ministro, é possível estabilizar o câmbio e reduzir os juros de longo prazo, o que é benéfico para os investimentos.

Dessa forma, ele busca rebater um argumento comum entre sindicalistas e também na bancada petista, de que a reforma da Previdência não tem resultado imediato no caixa. E que, por isso, não há pressa em discuti-la.

Esse raciocínio foi apresentado pelo próprio ministro do Trabalho e Previdência, Miguel Rossetto, na reunião com trabalhadores e empregados que deu o pontapé inicial no debate sobre essa reforma, na última Quarta-feira (17).

Naquele encontro, o governo não apresentou uma proposta, e sim uma lista de sete pontos para debater. São eles: idade média das aposentadorias, financiamento da Previdência Social, diferença de regras entre homens e mulheres, pensões por morte, previdência rural, regimes próprios de previdência e convergência de sistemas de Previdência.