20°
Máx
14°
Min

Reunião convocada pela Fiesp para discutir crise contará com outras federações

A reunião de emergência convocada ontem para acontecer nesta quinta-feira, 17, logo mais às 15 horas, pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, contará com as participação de federações de indústrias de outros Estados. Estão confirmadas as federações do Rio (Firjan), Goiás, Paraná, Pará, Bahia e Espírito Santo.

A reunião, que será transmitida online para os Estados, tem como objetivo discutir o agravamento da crise política e econômica no País. A Fiesp está desde a quarta-feira, 16, pedindo a renúncia da presidente da República, Dilma Rousseff. No período da , durante as manifestações que tomaram conta da avenida Paulista, em São Paulo, o prédio da Fiesp foi iluminado comas cores da bandeira brasileira com uma faixa preta com os dizeres "renuncia já".

Os manifestantes começaram a se reunir em frente do prédio da entidade tão logo o juiz Sérgio Moro, que conduz a Operação Lava Jato, divulgou trechos das gravações de conversas telefônicas comprometedoras entre o ex-presidente Lula com diversas autoridades de dentro e fora do governo.