24°
Máx
17°
Min

Sede do PT em Goiânia tem porta incendiada

A sede do Partido dos Trabalhadores em Goiânia amanheceu com a entrada incendiada nesta sexta-feira, 18. Vizinhos do diretório metropolitano, que funciona no Setor Universitário, viram dois homens em uma motocicleta fugindo do local por volta das 23h30, logo depois das chamas atingirem a porta da sede. A Polícia foi acionada.

O presidente do PT goianiense, Luís César Bueno, criticou o ataque. "Vivemos no Estado Democrático de Direito e sedes de igrejas, partidos, movimentos e organizações, em uma sociedade civil e democrática, têm de ser respeitadas". O diretório e a Central Única dos Trabalhadores organizam a mobilização em favor da presidente Dilma Rousseff e do seu novo ministro, Luiz Inácio Lula da Silva, que ocorrerá às 18h desta sexta na Praça Universitária, mesmo setor em que fica a sede.

Também estão previstas em Goiânia, nesta sexta, mobilizações de pessoas a favor do impeachment da presidente. O clima de tensão causado por manifestações fez hoje com que os comerciantes fossem orientados pelo próprio sindicato do setor, a fecharem suas portas às 15 horas em apoio ao protesto contra o governo federal e também por questão de segurança.

Interior de SP

Sedes do Partido dos Trabalhadores (PT) em duas cidades do interior paulista também foram alvo de ataques supostamente políticos, entre a noite de quinta e a madrugada desta sexta-feira, 18. Em São José dos Campos, o prédio foi pichado com mensagens contra a presidente Dilma e o ex-presidente Lula. Os vândalos arrombaram um portão para ter acesso à fachada. Em nota, o diretório municipal classificou o ato como "afronta à democracia" e "tentativa de criminalizar o PT".

Em Ribeirão Preto, a sede do diretório municipal do partido foi atacada ontem com rojões. Pelo menos cinco bombas estouraram no telhado e na garagem, sem causar maiores danos. De acordo com o presidente do PT, vereador Jorge Parada, as pessoas que estavam no local se assustaram, mas não foram atingidas. Ninguém viu quem jogou as bombas. A ocorrência foi registrada pela Polícia Civil.