24°
Máx
17°
Min

SEDU e SEMA buscam modelo inovador para gestão do lixo nos municípios

(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa) - SEDU e SEMA buscam modelo inovador para gestão do lixo nos municípios
(Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa)

Os secretários de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Junior, e do Meio Ambiente (SEMA), Ricardo Soawinski, buscam há algum tempo, com suas respectivas equipes de trabalho, novas tecnologias e modelos de gestão para estruturar, junto com outras áreas do Governo, uma proposta que dê solução em escala e velocidade ao tratamento do lixo urbano nos municípios paranaenses. O objetivo dos secretários das duas Pastas é chegar ao “Paraná, Resíduo Zero”.

Na manhã desta terça-feira, 12, Ratinho Júnior e Ricardo Soavinski se reuniram na SEMA para tratar do assunto e convidar mais um órgão do Governo para enfrentar o desafio já proposto, aos municípios, no Estatuto da Metrópole. As duas secretarias coordenam um Grupo Técnico que levanta os dados e avalia as melhores possibilidades para dar apoio aos 399 municípios do Paraná. Os secretários contam também com o apoio dos técnicos do Serviço Social Autônomo (Paranacidade / SEDU), do Instituto Águas Paraná e Codapar.

Os dois secretários comungam do mesmo pensamento para a solução desta questão. Na avaliação de Ratinho Júnior, o caminho certo é a busca da inovação. “Os modelos básicos, aplicados na maioria dos municípios já estão obsoletos e há o risco de entrarem em colapso. Compartilho da ideia de que temos de oferecer algo realmente inovador, com custo-benefício e longevidade para atender até as próximas gerações”, disse Ratinho.

Para Soavinski, o lixo é um assunto que requer escala e rapidez que atenda as necessidades do conjunto dos municípios, especialmente aos pequenos, com o menor impacto ambiental possível e a inclusão social. “Para isso acontecer, não podemos mais ficar presos a modelos engessados”, disse Soavinski.

Participaram da reunião pelo Paranacidade, o superintendente executivo, Wilson Bley Lipski, e o diretor de operações Álvaro Cabrini. Pela SEMA, o diretor geral, Paulino Mexia, e o coordenador de Resíduos Sólidos, Vinícius Bruni.

Colaboração Assessoria de Imprensa.