24°
Máx
17°
Min

Senado quer ouvir ministros de Temer sobre nova gestão

(Foto: Lula Marques/ Agência PT) - Senado quer ouvir ministros de Temer sobre nova gestão
(Foto: Lula Marques/ Agência PT)

Após extinção e junção de ministérios, o Senado quer ouvir os novos ministros do governo interino de Michel Temer para prestar maiores esclarecimentos sobre a nova gestão. Por meio de convocações e convites, os senadores aprovaram requerimentos que pedem a presença dos novos ministros da Educação e da Ciência e Tecnologia.

A Comissão de Educação e Esporte do Senado Federal aprovou a convocação do novo ministro da Educação, Mendonça Filho, deputado licenciado do DEM, para prestar informações sobre a extinção do Ministério da Cultura e a migração das atribuições da pasta para a Educação. A data para realização da reunião ainda não foi definida.

A comissão também aprovou outro requerimento para a realização de uma audiência pública, com participação de artistas e especialistas, para debater a extinção do Ministério da Cultura.

Na comissão de Ciência e Tecnologia, os senadores optaram por um convite ao novo ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, para que ele faça um balanço de prioridades da pasta. O ministério também é novo. Sob a gestão interina de Temer, a pasta da Ciência incorporou também o Ministério das Comunicações.

"Há uma apreensão muito grande do segmento em função da fusão. Não que não seja normal fazer fusão de ministérios, mas vale lembrar que o grande ganho, até no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, foi o fortalecimento do Ministério de Ciência e Tecnologia", disse o senador Walter Pinheiro (sem partido - BA), relembrando que é costume que os ministros venham à comissão.

A data da reunião com o ministro Kassab ainda não foi fechada. Mas já na próxima terça-feira, 24, os senadores realizam uma audiência pública para ouvir os centros de pesquisa. Foram convidados representantes da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e Fórum de representas de Universidades e das Academias Brasileira de Pesquisas.