22°
Máx
14°
Min

Sessão ‘light’ aprova dois projetos em uma hora e vinte e seis minutos

(Foto: Divulgação) - Nome de rua e utilidade pública são aprovados em sessão rápida
(Foto: Divulgação)

A denúncia de agressão realizada por uma vereadora de Curitiba contra um colega de parlamento, continua rendendo discussões na Câmara. Na sessão desta quarta-feira (21), a justificativa de ausência do vereador denunciado foi o foco da discórdia. O vereador em questão não participou da sessão de hoje e alguns vereadores pediam que o vereador estivesse presente para apresentar a justificativa de ausência no término da sessão de 14 de setembro, dia dos fatos. Outro, no entanto, disse que era desnecessário, já que outros requerimentos sem conteúdo eram aprovados. No fim, a justificativa foi adiada por cinco sessões.

A pauta totalmente 'light' desta quarta-feira foi lida e votada em menos de 10 minutos, já que era composta por dois projetos em segundo turno, o que declara a utilidade pública da Associação Turomm de Assistência Social (Asturomm) e o que denomina de Eduardo Posfaldo, um logradouro público.

A sessão começou às 9 horas e foi encerrada às 10h26.