23°
Máx
12°
Min

Sindicato Rural de Castro faz sabatina com candidatos

- Sindicato Rural de Castro faz sabatina com candidatos

O Sindicato Rural de Castro promoveu uma sabatina com os prefeituráveis de 2016, Marcos Bertolini (PSDB), Moacyr Fadel (PMDB) e Aline Sleutjes (PR). Na oportunidade foram abordados temas sobre as estradas rurais e meio ambiente. Cada candidato teve uma hora para interagir com a comunidade. O salão ficou lotado, com mais de 150 pessoas representantes de mais de 18 associações, cooperativas e sindicatos. Os candidatos tiveram a oportunidade de apresentar suas propostas para o meio rural e receberam algumas sugestões feitas pelos produtores. Além, disso os três foram indagados pelos participantes sobre diversas realidades do município castrense.

O presidente do Sindicato Rural de Castro, Eduardo Medeiros, disse que tem que agradecer o atendimento do convite por todos os candidatos e explica que o encontro é uma forma do sindicato defender a classe e também de oferecer à comunidade a oportunidade de ouvir os três candidatos de uma maneira democrática. “Focamos em dois temas que foram abordados pelos três candidatos, falamos muito de estrada rural, assunto que é o principal problema que foi levantado junto aos produtores. Sem mobilidade, o cidadão não tem acesso aos demais serviços como educação e saúde. Já no meio ambiente pedimos o pagamento sobre serviços ambientais, o que é previsto pelo novo Código Florestal. Uma vez que o produtor, para preservar, tem que deixar esta ou aquela atividade e precisa ter renda na propriedade”, explica o presidente. 

Medeiros acredita que os três candidatos estão preparados e assumiram compromisso com os temas caso eleitos. “Acredito que as pessoas podem agora discernir melhor em quem votar e ver as diferenças entre os candidatos. Deixo claro que o Sindicato não tem candidato. A sabatina é uma maneira da comunidade interagir e escolher em quem votar”, frisa.

A ordem de apresentações foi por sorteio prévio e o primeiro a falar foi o candidato Marcos Bertolini (PSDB). Marcos acredita que o evento foi uma maneira pratica para que os eleitores possam analisar em quem votar. “Aqui podemos ter um aproveitamento muito grande do debate de ideais. Acho que justamente isso é o motivo da nossa presença. Para debater junto com a comunidade de uma maneira profunda nosso plano de governo. Assim, o eleitor pode ter uma maneira mais amadurecida de votar. Conheceu as propostas e analisou quem pode realmente tirar do papel e por em prática”, analisa.

O segundo candidato que apresentou propostas foi Moacyr Fadel (PMDB). Ele disse que o evento é importante para a democracia e parabeniza a iniciativa. “O sindicato é uma instituição séria e que representa a agricultura de Castro. O evento é uma oportunidade para dar voz ao candidato e de ouvir as comunidades em benefício do município. Seja em relação às estradas rurais, saúde, educação entre outros serviços primordiais ao cidadão. Assim esse espaço democrático deu oportunidade para mostrarmos um pouco de cada setor de nosso plano de governo”, comenta.

A última candidata que se apresentou foi Aline Sleutjes (PR). Ela também acredita que o momento é importante para a comunidade castrense. “A campanha teve seu tempo reduzido e abrir um espaço democrático para falar com lideranças de uma maneira interativa e mostrar nosso plano de governo é muito importante. Muitas das metas propostas pelo sindicato e questionadas pelos participantes já fazem parte do nosso plano de governo. Portanto, um evento como este dá a chance e oportunidade das pessoas conhecerem os candidatos e suas propostas”, analisa Aline.

O presidente do Sindicato Rural explica que terminada a eleição e iniciado o mandato do eleito, a entidade irá cobrar resultados. “Agora temos um comprometimento dos candidatos em melhorar as estradas, acabar com o clientelismo no atendimento das demandas individuais ou das comunidades, melhorias na saúde e educação do meio rural. Tudo gravado e filmado”, afirma Medeiros.

Colaboração Assessoria de Imprensa.