27°
Máx
13°
Min

Temer fala com radialista argentino pensando que era Macri

Horas antes de assumir o governo, o presidente em exercício Michel Temer foi pivô de uma confusão internacional. Na manhã desta quinta-feira, 12, Temer concedeu rápida entrevista ao apresentador Jorge Garcia, da rádio 'El Mundo' de Buenos Aires, pensando que se tratava de uma conversa protocolar com o presidente do país vizinho, Mauricio Macri.

Até as 15h, Temer não havia recebido telefonema de nenhum chefe de Estado estrangeiro. Macri, pelos meios oficiais do governo, declarou ainda no início da manhã respeito pela "institucionalidade" da democracia brasileira.

A assessoria de Temer não quis comentar o episódio. Alguns auxiliares do peemedebista trataram a ligação como um trote, mas a rádio El Mundo, em sua página na internet, aborda a conversa como um furo jornalístico. "Temer rompe o silêncio", anuncia a emissora argentina.

Na rápida conversa de um minuto e meio, Temer se refere ao radialista como "presidente" e diz, misturando palavras em espanhol e português, que pretende visitá-lo em breve em Buenos Aires.

"Quero logo visitá-lo na Argentina", diz o presidente em exercício.

Temer diz também que vai fazer um pronunciamento às 16h, afirma que todo o ministério já foi escolhido e será nomeado ainda hoje e diz estar tranquilo, preocupado e entusiasmado para o início do governo.

"Estou muito tranquilo, preocupado com a situação, mas vamos enfrentar com muito entusiasmo", diz o peemedebista.