27°
Máx
13°
Min

Temer não terá ato de posse em caso de afastamento de Dilma

Caso assuma o comando do País com o afastamento da presidente Dilma Rousseff pelo Senado esta semana, o vice-presidente Michel Temer não terá direito a qualquer cerimônia de posse. Ele passará a ser presidente interino automaticamente depois que Dilma for notificada pelo primeiro-secretário do Senado, Vicentinho Alves (PR-TO), de que foi destituída do cargo por até 180 dias, período em que deverá ser julgada pelos senadores pelo crime de responsabilidade.

Temer, porém, poderá realizar cerimônias de posse para todos os ministros. O vice já avisou auxiliares que trocará todos os ocupantes do primeiro escalão do governo Dilma, mas a prioridade, segundo interlocutores, é empossar inicialmente os ministros que despacham no Palácio do Planalto e os integrantes da equipe econômica. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.