22°
Máx
17°
Min

Temer não vai à convenção que indicará Marta como candidata à prefeitura de SP

O presidente em exercício, Michel Temer, confirmou presença no sábado, dia 30 de julho, na inauguração da linha 4 do Metrô, no Jardim Oceânico, no Rio de Janeiro, às 10 horas. Temer também sinalizou que pretende aproveitar o sábado para fazer uma visita ao governador licenciado do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão, que está se tratando de um câncer, assim como pernoitar lá para, no domingo, visitar a Vila Olímpica para participar da recepção aos atletas brasileiros.

A agenda carregada de Temer, no fim de semana, impossibilitará o presidente em exercício de participar da convenção do PMDB, em São Paulo, no sábado, que oficializará a senadora Marta Suplicy como candidata de seu partido, à prefeitura da capital paulista.

Temer tem dito e repetido que não subirá em palanques em cidades onde os candidatos pertencem a partidos da base aliada, para não desagradar a nenhum deles. O presidente poderá não subir em palanques até mesmo no segundo turno, se a disputa continuar entre partidos da base governista. Essa hipótese poderá ser revista se, no segundo turno, o adversário for da oposição.

No domingo, Temer poderá ainda dormir uma outra noite no Rio, só deixando a cidade na segunda-feira pela manhã, para seguir para São Paulo a fim de participar da cerimônia do milésimo implante de coração no Hospital das Clínicas, além de inaugurar uma ala nova da instituição. Com isso, Temer espera ficar longe de qualquer manifestação prevista para ocorrer no domingo em todo o País. Grupos a favor e contra a presidente afastada Dilma Rousseff programaram manifestações para o dia 31 de julho.