22°
Máx
14°
Min

Temer sugere que mulheres e autoridades tomem parte do Programa Criança Feliz

O presidente Michel Temer destacou que a presença da primeira-dama Marcela Temer como embaixadora do Programa Criança Feliz visa incentivar "as senhoras mulheres e autoridades" a também integrarem o programa, para que assim ele não seja apenas uma atribuição da União. "Certa e seguramente a Marcela vai convidar primeiras-damas, as senhoras prefeitas para estarem em Brasília", disse o presidente nesta quarta-feira, 5.

Ao mencionar ministros, parlamentares e primeiras-damas presentes, Temer falou da senadora do PDMB Marta Suplicy, derrotada nas eleições em São Paulo, ressaltando que ela tem trabalhos na área social há muito tempo. "Portanto, poderá trazer uma experiência extraordinária para somar-se àquelas experiências já editadas e às outras eu agora se verificarão", disse.

Temer afirmou ainda que o País passa por importantes transformações e que são mudanças permanentes que não são de hoje. "O Brasil passa por extraordinárias mudanças desde a criação no novo Estado brasileiro", afirmou. O presidente citou ainda os 28 anos na nova Constituição, que é celebrado na data de hoje e disse que a Constituição fez com que o Estado se modernizasse. "Avançamos muitíssimo", disse.

Ao destacar que o Criança Feliz atenderá famílias que recebem o Bolsa Família, Temer disse que o programa - criado no governo do PT - é exitoso e deve ser preservado e melhorado. "O Bolsa família não era revalorizado há dois anos, revalorizamos e fomos além", disse.

Temer afirmou ainda que a pretensão do Criança Feliz é melhorar os trabalhos de assistência à primeira infância que já são realizados em outros Estados. "O que quer a união federal e essa é nossa pretensão é de uma maneira sistematizar e coordenar esses trabalhos", afirmou.

Assim como fez a primeira-dama em seu discurso, Temer afirmou que cuidar "da criança de hoje é cuidar dos homens e mulheres de amanhã". "A infância nos acompanha ao longo da vida, quantas vezes tem um gesto na vida adulta que nos reconduz a infância", disse. "A infância é a marca mais evidente da formação a personalidade dos homens e mulheres", completou, finalizando o discurso desejando que "sejamos todos felizes".