28°
Máx
17°
Min

Total de ocorrências registradas foi de 3.814, com 1.962 prisões, informa TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o último boletim deste domingo (2) com o balanço da votação. No total, foram registradas 3.814 ocorrências ao longo do dia. Desse total, resultaram em prisão ocorrências com 236 candidatos e 1.726 não candidatos. A maior parte dos registros é relativo a boca de urna, tanto no caso de candidatos quanto de não candidatos. O Estado de Minas Gerais foi o que registrou maior número de problemas, com 90 ocorrências entre candidatos e 550 entre não candidatos.

As detenções servem para impedir a continuidade da prática de boca de urna ou de outras irregularidades no dia da votação. Os detidos costumam ser liberados na sequência e passam a responder pela prática perante a Justiça, com sanções como multa ou prestação de serviços à comunidade.

Segundo o TSE, nas eleições municipais de 2012 foram presos 475 candidatos e 1.703 não candidatos. No total, naquele ano, foram 1.455 ocorrências entre os que concorriam às eleições e 3.357 entre os não candidatos.

Urnas. Das 432 mil urnas eletrônicas disponíveis para votação em 2016, 4.424 tiveram de ser substituídas, correspondente a 1% do total. Duas seções tiveram de realizar a votação de forma manual, uma delas localizada em Salvador (BA) e a outra em Itaquaquecetuba (SP).