26°
Máx
19°
Min

Tribunal de Contas de SP lista gestores que tiveram contas julgadas irregulares

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) divulgou nesta sexta-feira, 12, uma lista que será encaminhada ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) com mais de 2500 nomes de gestores públicos e ordenadores de despesas que tiveram suas contas julgadas irregulares pelo colegiado.

O período considerado são os 8 anos imediatamente anteriores a cada eleição, que, em 2016, terá o primeiro turno realizado no dia 2 de outubro. A referida listagem abrange o período entre 2 de outubro de 2008 a 10 de agosto de 2016.

A divulgação da listagem é prevista pelo artigo 11, parágrafo 5º, da Lei nº 9.504/1997, c/c o artigo 1º, inciso I, alínea "g", da Lei Complementar nº 64/1990, alterada pela Lei Complementar nº 135/2010 ("Lei da Ficha Limpa"). Trata-se da relação de pessoas físicas que tiveram contas julgadas irregulares por decisão contra a qual não cabe mais recurso.

A legislação prevê que a Justiça Eleitoral pode declarar inelegíveis aqueles que constarem da lista fornecida pelo Tribunal de Contas.

A lista continuará sendo periodicamente atualizada para envio às autoridades envolvidas no processo eleitoral e para publicação no site do TCESP, onde o cidadão pode acompanhar a situação do gestor de sua cidade.