22°
Máx
17°
Min

Valdir Raupp: Temer me disse 'Não quero ser presidente nesta situação'

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO) afirmou no plenário do Senado que o vice-presidente Michel Temer disse a ele que não gostaria de assumir o governo na atual conjuntura política e econômica.

"Michel Temer me ligou há uma semana dizendo 'Raupp, eu não quero ser presidente da República em uma situação dessas'. Repito, ele disse 'Raupp, eu não quero ser presidente numa situação dessas porque, com impeachment ou sem impeachment, isso não vai acabar bem'".

O senador peemedebista relatou o diálogo na tribuna, afirmando que se tratava de um "testemunho" sobre o pensamento do vice-presidente Michel Temer. Segundo ele, o telefonema aconteceu antes do dia 29, quando o PMDB selou o seu desembarque do governo.

"Michel estava em São Paulo e eu estava aqui (em Brasília), reunido com meia dúzia de senadores do PMDB". Ele afirmou ainda que o vice está recolhido porque tem recebido muitas críticas e repetiu, pela terceira vez, que Temer disse que não gostaria de ser presidente agora.

Raupp fez o relato enquanto defendia a criação de uma proposta de emenda constitucional para fazer eleições presidenciais em outubro deste ano. Segundo ele, as eleições seriam uma alternativa ao impeachment e também à renúncia.

O senador sugeriu ainda que a presidente se reunisse com os presidentes do Senado, da Câmara e do Supremo Tribunal Federal para buscar soluções para a crise e afirmou que Temer participaria de bom grado desta conversa.

Procurada pela reportagem, a assessoria do vice-presidente informou que "Michel Temer desconhece este diálogo."