28°
Máx
17°
Min

Vereador Valdemir Soares afirma que irá renunciar ao cargo nesta quarta-feira

(Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Curitiba - Vereador Valdemir Soares afirma que irá renunciar ao cargo
(Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Curitiba

O vereador pastor Valdemir Soares (PRB) confirmou nesta terça-feira (5) pelas redes sociais que irá apresentar nesta quarta-feira (6), uma carta de renúncia do cargo que ocupa na Câmara Municipal de Curitiba. O parlamentar se envolveu em uma polêmica na última quinta-feira (31), quando teria votado no lugar de Julieta Reis (DEM).

Na entrevista, o vereador afirma que não votou pela parlamentar. Segundo ele, o que aconteceu foi um problema técnico. “ Não votei por ela, houve um problema no sistema da Casa”, afirmou. Valdemir Soares afirmou que tomou a atitude de pedir a renúncia pelos eleitores dele. “Fazemos isso em respeito às pessoas que nos colocaram aqui.”

Como o vereador decidiu deixar o cargo, a denúncia que a vereadora Julieta dos Reis entregou ao presidente da Câmara, vereador Ailton Araújo (PSC), nesta terça, não deve ser apurada pelos vereadores que iriam analisar as imagens. Caso o processo seguisse normalmente na Casa, o vereador Valdemir Soares poderia ser punido com a perda do mandato.

Com renúncia, Valdemir Soares poderá participar normalmente das eleições deste ano

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, com a renúncia, o vereador está livre para se candidatar nas eleições municipais deste ano. Com isso, ele pode tentar voltar para a Câmara Municipal de Curitiba, como vereador. Se fosse julgado e perdesse o mandato, estaria impedido de participar das eleições.

Agora, o vereador precisará ter o nome aprovado pelo Partido Republicano Brasileiro, onde é filiado, para formalizar a nova candidatura. Segundo o TRE-PR, as convenções partidárias começam na segunda quinzena de julho.