22°
Máx
16°
Min

Vereadores aprovam os 10 projetos da pauta desta segunda-feira

(Foto: Divulgação/Câmara de Vereadores) - Vereadores aprovam os 10 projetos da pauta desta segunda-feira
(Foto: Divulgação/Câmara de Vereadores)

Dez projetos entraram na pauta de votação do Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Curitiba na manhã desta segunda-feira (20). O projeto que aumenta a multa em R$ 1,9 mil para depredação do patrimônio público, passou sem discussão, foi aprovado por 26 votos, em segundo turno e agora o projeto segue para sanção da Administração.

Um dos assuntos que rendeu grande discussão, foi o projeto que dispõe sobre a alienação mediante venda, de bem imóvel do patrimônio público municipal, por meio de procedimento licitatório na modalidade concorrência, conforme especifica. Para o vereador Professor Galdino, é preciso ter cuidado com essa situação, para que Curitiba não se transforme em uma São Paulo piorada. “Essa volúpia de rifar os bens públicos a preço de baba precisa parar. Parece um mercado de imóveis”, disse. “É uma doação disfarçada de venda’. Apesar dos protestos do vereador, a matéria foi aprovada em segundo turno.

Também foi aprovada uma homenagem a Eduardo Galeano, que irá nominar um bem público do município. Outras denominações, também aprovadas são a da Praça Bela Vista do Passaúna e José da Silveira.

A presença obrigatória de vigilantes mulheres em bancos, também passou em segunda votação. O projeto que institui o “Dia do Artista de Rua”, passou em primeiro turno.

Os dois últimos projetos da pauta, o que reduz o tempo de reconhecimento das ruas ‘informais’ na cidade e o que declara de utilidade pública o Clube de Mães Vila Nossa Senhora do Pilar e Região, também foram aprovados em primeiro turno.