22°
Máx
16°
Min

Vereadores criam CPI para investigar fraudes apontadas na Operação Pecúlio

O requerimento citado na discussão entre os dois vereadores é o da criação de uma comissão parlamentar de inquérito, a CPI, que deve investigar fraudes apontadas pela Polícia Federal na prefeitura de Foz do Iguaçu.

Com seis vereadores favoráveis a CPI foi criada. Nilton Bobato do PC do B foi um dos idealizadores da comissão. A CPI só foi criada pelos vereadores depois que as investigações da PF, durante a Operação Pecúlio, apontaram fraudes em licitações na prefeitura.

A primeira fase da operação foi desencadeada no último dia 19 de abril e levou a prisão: 14 pessoas, na segunda fase duas pessoas foram presas entre elas o secretário de obras da cidade, Carlos Juliano Budel.

Mesmo com a CPI instaurada, por enquanto as ações de apoio as investigações da Polícia Federal não vão ser efetivas é que outras cinco CPIs estão em andamento na câmara. É preciso que uma delas seja finalizada para que a comissão com a finalidade de investigar possíveis fraudes na administração pública da cidade comece a atuar.

Colaboração: Márcio Falcão / Rede Massa