24°
Máx
17°
Min

Hackathon Mob estimula a criação de soluções para a mobilidade urbana

O Sebrae/PR, em parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa, realiza de 19 a 21 de agosto a primeira edição do Hackathon Mob, evento que irá estimular soluções de base tecnológica para os problemas de mobilidade urbana do município. O pré-lançamento do Hackathon Mob acontece nesta quinta-feira (11), às 19h, na Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Ponta Grossa. Na ocasião, o sócio proprietário da Mobilus, Marco Litting, vai palestrar sobre o tema ‘Mobilidade Digital’. Para participar do pré-lançamento é necessário se inscrever por meio do telefone (42) 3228-2500. As vagas são limitadas a 60 participantes.

Já para participar da maratona de soluções, na Estação Arte, os interessados devem se inscrever na plataforma oficial do evento até o dia 15 de agosto. A consultora do Sebrae, Thaise Amaral Orita, detalha que podem se inscrever estudantes, empresários, empreendedores e pessoas que tenham uma ideia de negócio. A taxa de inscrição é de R$ 50,00. Estudantes têm desconto de 50% com a promocode “estudante”. Estes devem apresentar a carteirinha de estudante e uma cópia do comprovante de matrícula 2016. As vagas são limitadas a 60 participantes distribuídos nas áreas de negócios, designers, programadores e desenvolvedores.

“O Hackathon é uma ferramenta utilizada para a geração de soluções inovadoras e startups, e consiste em uma maratona de programação na qual todos os participantes se reúnem para desenvolver soluções para a temática definida”, explica a consultora do Sebrae/PR, ao lembrar que os competidores são auxiliados por mentores de áreas específicas para desenvolver os projetos. Ao final, cada equipe apresenta seu projeto para a banca avaliadora que determina os vencedores.

Haverá premiações em dinheiro; os três primeiros colocados receberão os valores de R$ 3 mil, R$ 2 mil, e R$ 1 mil, respectivamente. A premiação contempla ainda consultoria técnica especializada pelo Sebrae/PR, vaga na Incubadora de Inovações Tecnológicas da UTFPR, serviços da Amazon e participação no GEP (Global Entrepreneur Program IBM), programa da IBM que tem o objetivo de apoiar novos empreendedores no desenvolvimento tecnológico de seus negócios.

“Os principais problemas de mobilidade urbana de Ponta Grossa serão apresentados aos participantes somente no dia do evento. Eles terão que criar soluções de base tecnológica, o que constitui uma startup, e apresentá-las no final do Hackathon Mob”, diz a consultora. A expectativa, segundo ela, é que sejam gerados 10 negócios inovadores para resolver os principais desafios de mobilidade do município. O evento conta com o apoio da multinacional IBM, por meio da plataforma Bluemix, e com os patrocínios do Porto Bureau, Heineken, Net, Claro, Carbonar, M2, Flex 376 e DF Sistemas.

Colaboração Assessoria de Imprensa.