26°
Máx
19°
Min

Sebrae abre novas inscrições para programa de desenvolvimento de startups

(Foto: Divulgação / Sebrae-PR) - Sebrae abre novas inscrições para programa de desenvolvimento de startups
(Foto: Divulgação / Sebrae-PR)

De olho naqueles empreendedores interessados em transformar uma boa ideia em um negócio inovador e competitivo, o Sebrae/PR abre, nesta semana, inscrições para a segunda edição do Epifania Sebrae, programa que estimula o crescimento de startups com rapidez e baixo investimento. Após o sucesso da primeira edição em 2015, que preparou 23 startups para receber investimentos, entrar no mercado e até mesmo ingressar em aceleradoras internacionais, a edição de 2016 disponibiliza agora 20 novas vagas para startups de Curitiba e Região.

De acordo com a coordenadora regional de Startups do Sebrae/PR, Marielle Rieping, o objetivo é trabalhar para as startups se desenvolverem mais rapidamente, fazendo com que elas se tornem empresas com grande alcance de clientes, capacidade de se tornarem negócios transformadores, com bons resultados financeiros e sustentabilidade. 

“É muito importante que a startup tenha claro o problema que deseja resolver e o mercado em que pretende atuar”, explica.

Para se inscrever, os empreendedores deverão manifestar interesse por meio do email startupleste@pr.sebrae.com.br até 7 de abril, enviando um breve resumo sobre a startup  como o nome do projeto, problema que resolve e contatos de todos os integrantes da equipe. Após o envio da inscrição, a seleção será feita por meio de uma banca, formada por profissionais e especialistas, de 11 a 13 de abril, quando a equipe ou um integrante deverá apresentar a sua ideia em três minutos, com outros três para responder eventuais dúvidas dos jurados.

Como diferenciais desta edição, estão o período de duração e os novos módulos que serão oferecidos aos participantes. “Estendemos o programa de quatro para cinco meses, pois verificamos a necessidade de incluir novos módulos, como o Team  Up e Neurocoaching, para desenvolver as equipes”, explica Marielle. 

“O Epifania #2 tem início a partir do dia 22 de abril, com encontros às sextas-feiras à noite e sábados – o dia todo, e contarão ainda com ‘Mentoring  Session’, ou seja, a presença de mentores de startups de Curitiba e São Paulo”.

O nome e a metodologia do Programa Epifania Sebrae são inspirados no livro de Steve Blank considerado a ‘bíblia das startups’, muito utilizado no Vale do Silício, e que apresenta quatro passos para a epifania, transformados em passos para levar ideias inovadoras e de grande alcance a serem empresas rentáveis.

Segundo o coordenador do programa, Ricardo Dória, o Epifania #2 está aberto para qualquer tipo de startup que já tenha uma ideia ou um modelo de negócio constituído, que esteja envolvida com tecnologia, busque escalabilidade e deseje um crescimento rápido. 

“Neste ano, o Programa está mais longo e vai demandar mais energia das equipes. É por isso que as empresas interessadas têm que vir com o objetivo claro de crescer rápido, pois o Sebrae/PR não poupará esforços para isso”, garante.

Como critérios de participação, serão exigidos 100% de frequência no programa e que a startup tenha ou constitua, no decorrer do processo, o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ). “Isso porque, no encerramento do Epifania #2, todas as startups farão uma apresentarão de seus modelos de negócios para investidores e para o mercado em geral, então é importante que sua empresa já esteja pronta para operacionar e tracionar”, acrescenta Marielle Rieping.

Prontas  para o mercado

Algumas das startups formadas pelo Programa Epifania Sebrae #1 já estão no mercado e recebendo investimentos. É o caso da Coletive, destinada à profissionalização e monetização de youtubers e influenciadores digitais, e da Clinvo, que se prepara para ingressar no processo de aceleração com a Y Combinator. Outras duas empresas, também participantes da edição anterior do Epifania Sebrae, estão na lista das 100 startups brasileiras mais atraentes para o mercado. A Blue Mind, ligada à educação e desenvolvimento de crianças com autismo, e a Noiga, de acessórios de moda e design que utiliza a tecnologia 3D, compõem a listagem divulgada pelo Movimento 100 Open Startups e publicado pelo Portal Estadão PME.

“O Epifania foi essencial para podermos repensar e estruturar o negócio, já que a ideia inicial nasceu durante o Startup Pirates, uma ação promovida pelo próprio Sebrae, quando ganhamos a vaga para o Programa”, conta Adriana Czelusniak, da Blue Mind. A empreendedora conta que foi possível aprender e aplicar cada passo na prática, o que enriqueceu o projeto ao longo das mentorias.

Para Adriana, o diferencial do programa é que ele é indicado para todos os tipos de startups, desde os iniciantes, como ela, até para quem já está no mercado e quer inovar. E este foi o caso da Noiga, que já existia há um ano e meio e precisava estruturar seu negócio. “Nossa visão de varejo se expandiu, passamos a oferecer nossas peças para outras redes de moda, além do e-commerce. Toda a base teórica e didática do Programa Epifania Sebrae, nos ajudou a desenvolver nosso pensamento empresarial”, afirmam as sócias Eveline Pretti e Renata Trevisan.

As idealizadoras do Noiga afirmam que participar de um grupo seleto de startups em um programa de desenvolvimento deu mais visibilidade para a empresa. 

“Estar na lista das 100 startups mais atraentes é fruto de um trabalho de estruturação que começou com o Epifania e nos coloca hoje de forma mais abrangente no mercado”, resume Eveline.

Mais informações sobre o Programa Epifania Sebrae #2 estão disponíveis na fanpage www.facebook.com/epifaniasebrae e também podem ser obtidas pela Central de Atendimento do Sebrae/PR, pelo telefone 0800 570 0800.

Colaboração Assessoria de Imprensa.