22°
Máx
16°
Min

Startup paranaense quer premiar o bom motorista

Marcos Granzotto e Marcos Seki (Foto: Divulgação)  - Startup paranaense quer premiar o bom motorista
Marcos Granzotto e Marcos Seki (Foto: Divulgação)

O que ganha o motorista que não comente infração de trânsito, que respeita as leis e a vida das pessoas que andam pelas ruas da cidade? A resposta é simples: até dois meses atrás, nada. A partir de janeiro, a criatividade e empenho de três jovens do interior do Paraná, conseguiu agregar a uma ação de cumprimento às leis um valor. A startup Bomo tem o objetivo de premiar o bom motorista.

Marcos Granzotto, 31 anos, é jornalista e designer em Toledo (Oeste do Paraná) e conta em seu currículo informal um pouco de tudo. Se diz um empreendedor. No ano passado, o insigth embrionário do Bomo surgiu ao presenciar um acidente de trânsito. Um motorista imprudente furou o sinal vermelho e atropelou uma pessoa simplesmente porque não quis esperar o sinal verde. O estado de choque da vítima ao perguntar porque estava acontecendo aquilo com ela, fez acender um botão vermelho. As dúvidas da cena do cotidiano foram para o caderninho de ideias, e só voltaram a ser discutidas depois da veiculação de uma matéria que falava sobre o Brasil não cumprir a meta da ONU para redução de acidentes. ‘Por que não tirar do papel e fazer algo para mudar esse cenário?’, foi a pergunta.

Granzotto conta que assustou-se com os números que descobriu ao pesquisar sobre o assunto.

“Ninguém estava fazendo nada para conter a epidemia contemporânea, conforme a ONU denominou o grande número de acidentes e mortes no trânsito”.

Sem nenhum modelo de negócios disponível no Brasil, ele entendeu que o Bomo poderia causar um grande impacto. Somou-se ao trabalho, o desenvolvedor web, Marcos Seki, 24 anos, de Cascavel; e o analista de sistema, Eduardo Silveira, 27 anos, de Toledo.

Desde janeiro deste ano, o Bomo conta com 2 mil motoristas cadastrados e 21 empresas participantes do sistema de compra e recompensa. Estão em Toledo, Cascavel, Foz do Iguaçu e Curitiba. Fora do Paraná, Campinas (SP) e Belo Horizonte (MG) também abraçaram a ideia. As empresas recebem o selo Empresa Amiga do Bom Motorista.

Modelo de negócio

Quanto mais empresas e motoristas cadastrados, todos lucram com a iniciativa. No modelo de negócios, a empresa lucra com a comissão sobre as vendas; o site indica a sua rede para os motoristas, e em troca o parceiro paga uma comissão sobre o valor da transação. Da comissão, a startup recebe 40% para continuar desenvolvendo o projeto.

“A loja ou restaurante parceiro atrai mais clientes, ganha com a venda e pode fidelizar os clientes. Ele leva sua recompensa e a sociedade ganha com a redução de acidentes, que no Brasil é a segunda principal causa de mortes entre os jovens”.

O sistema de recompensa é simples. Quando o usuário do Bomo faz a compra com alguma das empresas parceiras da startup, ele recebe no mínimo 1,8% do valor pago. Desta recompensa, 10% é revertida para um hospital que atenda vítimas de acidentes de trânsito. Quando o bom motorista acumular R$ 30, o prêmio pode ser resgatado. Porém, se o motorista tiver alguma multa, o mérito é entregue integralmente ao hospital. Até o momento, o Hospital Bom Jesus, em Toledo, é o único cadastrado para receber as doações.

Para eles, Bomo é mais do que negócio. É uma missão. “Queremos tornar o trânsito seguro para todos através da criação da maior rede de bons motoristas do mundo”.

Para participar

  1. O motorista deve efetuar o cadastro no site Bomo
  2. Ao comprar em empresas parceiras, deve avisar que gostaria de receber a recompensa
  3. O responsável do lançamento da compra deverá anotar o número da Carteira Nacional de Habilitação. O valor gasto será informado no seu perfil. O mínimo de recompensa é de 1,8% sobre o que foi gasto na empresa parceira.
  4. Ao juntar R$ 30, você pode solicitar o resgate.
  5. Se não houver nenhuma multa no período do mês do cadastro da recompensa, sob consulta no site do Detran, o valor da recompensa é depositado na conta do motorista.

Serviço

www.soubomo.com