24°
Máx
17°
Min

Descubra Londrina: moradores poderão opinar sobre roteiro turístico da cidade

(foto: Wilson Vieira/VideoGraphic) - Londrinenses poderão opinar sobre roteiro turístico da cidade
(foto: Wilson Vieira/VideoGraphic)

O Núcleo de Turismo de Londrina lança no mês de julho nas redes sociais a campanha “Descubra Londrina – Roteiros e experiências”. Os próprios londrinenses vão ter a oportunidade de deixar sua opinião nas redes sociais sobre o que há melhor em Londrina e os sentimentos que a cidade desperta nas pessoas que nela vivem.

A partir das repostas da comunidade, o Núcleo de Turismo pretende elaborar um circuito de turismo de acordo com as percepções das entidades envolvidas na cadeia do turismo e dos londrinenses. Na última semana, o Núcleo de Turismo reuniu empreendedores, artistas locais e representantes de entidades ligadas ao turismo para apresentar a ideia, na sede do Sebrae.

O segmento do turismo movimenta a economia brasileira e, conforme estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), o País ganha quatro vezes mais com o turismo de negócios em comparação com o turismo de lazer. No Paraná, o segmento reúne 40% dos visitantes, sendo que em Londrina este percentual chega a 46%.

“Fizemos uma pesquisa que identificou que o turista que vem para Londrina a negócios, gasta em média R$ 300 por dia. E a criação do roteiro tem a intenção de atender também este público. Acreditamos que estamos perdendo quando não integramos a hotelaria e os demais empreendimentos e atrativos da cadeia de turismo. A gastronomia de Londrina, por exemplo, tem pratos peculiares, que podem ser melhores divulgados para os visitantes”, explica Simone Millan, consultora do Sebrae.

A campanha “Descubra Londrina – Roteiros e Experiências” busca possibilidades de conjugar o turismo de eventos e negócios e lazer. “Por que não estimular um executivo que veio a negócios ou um visitante que veio para tratar a saúde para nossos eventos, como o Festival de Teatro, por exemplo, ou oferecer um pacote para que ele possa conhecer os atrativos da Rota do Café?”, questiona Simone Millan. Ela acrescenta que incrementar o fluxo de turistas e o tempo de permanências dos visitantes que vem a negócios para Londrina é uma forma de abrir novos mercados para os empreendimentos que fazem parte da cadeia de turismo e aumentar a competitividade das empresas.

A secretária de cultura de Londrina, Solange Batigliana, elogia a iniciativa. “Na década de 1990, as pessoas tinham orgulho de viver em Londrina, que era considerada uma das melhores cidades do sul do Brasil para morar. Precisamos resgatar esse sentimento. Gostaria de parabenizar o Núcleo de Turismo pela proposta. É um esforço importante. Temos um movimento cultural rico, que precisa ser mostrado. A ideia de “embalar” nossos atrativos com o “pacote” do turismo é muito boa”.

O professor do Centro Universitário Filadélfia (Unifil), Leandro Henrique Magalhães, destaca a importância da interação dos londrinenses na campanha. “É importante trazer a comunidade e ela só vai vir se estiver identificada com o projeto. A ideia é fantástica e o layout da campanha mostra os ícones de Londrina. Precisamos mostrar para os turistas, por exemplo, que existe um comércio de rua na cidade. Temos, no mínimo, dois movimentos arquitetônicos na região central de Londrina. Precisamos discutir a valorização do centro histórico. As pessoas precisam começar a chamar a região de centro histórico. Nós precisamos fazer essa referência e resgatar nossos valores, nossa memória”.


 A campanha Descubra Londrina quer desenvolver produtos turísticos agregadores, resgatar e valorizar as atrações locais e qualificar e capacitar o trade de Londrina para a oferta de produtos turísticos. “Nossa intenção é capitalizar nossos pontos fortes e trabalhar em conjunto para aumentar o fluxo de turistas em Londrina e, consequentemente, a lucratividade das micro e pequenas empresas que fazem parte da cadeia de turismo”, finaliza Simone Millan.

(com assessoria de imprensa)