24°
Máx
17°
Min

A riqueza está nos detalhes e os animais são tendência na decoração

A riqueza está nos detalhes e os animais são tendência na decoração

A Casa Cor, que acontece até dia 31 de julho em Curitiba, é a principal Mostra de Decoração do estado e aponta as tendências do setor. Todo ano é possível perceber algo em comum entre os diversos ambientes. Este ano sem dúvidas a tendência é literalmente animal.

Mais do que a estampa animal print em tapetes, almofadas ou detalhes, os “bichos” estão presentes nas esculturas em si, muitas em tamanho real. Tem cabeça de rinoceronte, mesa com onça, quarto com cavalo. Enfim, possibilidades mil que deixam os ambientes sofisticados e ao mesmo tempo acolhedores.

Lobby do Hotel

Criado pela decoradora Walkiria Nossol e pela arquiteta Jéssica Brandão, o espaço une as referências de design de grandes hotéis ao redor do mundo à cultura local onde estão inseridos. Nos 155 m² do ambiente, as profissionais fazem alusão à cultura oriental (como o painel sobre o balcão de check-in inspirado no estádio chinês Ninho de Pássaro e os 2 mil origamis de borboletas em papel metalizado nas luminárias). Também tem referência europeia (como os painéis em tweed, o tradicional tecido inglês) e, principalmente, brasileira, com itens marcantes como a mesa de centro em formato de onça - esculpida por Rafael Sartori - cujo molde foi desenvolvido em argila e deu origem à peça final em resina com pó de grafite e tampo de vidro.

Living Principal

O estilo luxuoso, mesclado ao resgate do vintage dos anos 60 e 70, é captado pelo arquiteto Ivan Wodzinsky no singular espaço. O living é enriquecido pelas estampas e texturas dos tecidos importados das elegantes maisons francesas, que revestem os móveis e a parede. Demarcado por linhas contemporâneas, o espaço também carrega obras artísticas em sua composição. Entre os destaques estão as peças em bronze de dois felinos em tamanho real, que compõem o acervo do escultor paranaense João Turin. O living ainda possui uma tapeçaria de 60m², a maior da mostra, que leva o desenho exclusivo do artista italiano Antonio Meneghetti.

Quarto do Bebê

Cores e materiais inusitados, ambientados em um espaço em meio a cavalos, criam o cenário do “Haaras do Vittório” - um quarto de bebê único assinado pela arquiteta Fernanda Distéfano. A profissional criou um ambiente lúdico e ao mesmo tempo funcional, com móveis que podem ser substituídos quando o bebê crescer, garantindo ao cômodo uma vida útil maior. A arquiteta fez um grande estudo sobre cavalos para poder compor as formas e trazer as características mais fiéis desses animais. Os detalhes podem ser observados nos painéis, no sofá e no cavalinho de balanço, em resina e madeira.

Cozinha Gourmet 

Design, sustentabilidade e inovação. Essas são as palavras que descrevem o espaço da dupla Luiz Maganhoto e Daniel Casagrande no ano em que os profissionais completam a 10ª participação na mostra. A Cozinha chama atenção pelos elementos inusitados e contemporâneos. Toda revestida em madeira, segue o design escandinavo, com formas orgânicas e tons claros. Um ambiente extremamente fluido e livre de quaisquer obstáculos, com circulações bem generosas. A dupla desenhou grande parte do mobiliário e elementos que compõem o ambiente, como a bancada que divide a área de refeições e de preparo, o lavatório e a mesa de jantar suspensa auto portante, com cadeiras de balanço e formato circular. O detalhe animal? No tapete embaixo da mesa.

Open Bar Miami 

Os ares de internacionalidade predominam na atmosfera do espaço. Desenvolvido pelo arquiteto Marcelo Lopes, o estilo de pub é sofisticado e funcional. Possui o diferencial do sistema de automação e carrega a tendência de tons amadeirados, aliados aos tons sóbrios, para manter o conceito proposto. O veterano da mostra aposta também na elegância dos lustres de cristal vindos diretamente da Polônia e no uso de obras de arte, como a escultura em formato de rinoceronte do artista Rafael Sartori. Feita em resina, dá um ar internacional ao ambiente.

Foto- Marcelo Stammer

Lugar de Criança

A conscientização do cuidado com a natureza e amor aos animais é a proposta da arquiteta Viviane Busch para o espaço Lugar de Criança, de 170 m². Ela trouxe o contato com o meio ambiente para o universo infantil, por meio de animais e vegetação. O projeto é totalmente inusitado, imaginando um dia na selva. Os animais de pelúcia em tamanho chamam a atenção. Além disso, uma árvore resgatada no depósito da prefeitura fica ao centro da área. Um ambiente muito funcional, com bastante espaço para a criançada se divertir enquanto os pais visitam a mostra.

Lounge Compagas 

Logo na entrada, o espaço contextualiza a grandiosidade da mostra. Assinado pelo paisagista Wolfgang Schlögel, o ambiente de área coberta, idealizado para eventos e convivência, segue a identidade dos projetos do profissional que preza pelos elementos do paisagismo. O canteiro de rochas de aproximadamente uma tonelada, o revestimento de parede em piaçaba e a lareira adaptada de 8 metros são alguns dos destaques que dão forma ao ambiente. Outro destaque é a magnitude do tapete de 150 kg, confeccionado exclusivamente para Schlögel, que exalta a beleza do centro do lounge.

Jardim 

Os profissionais Nadia Bentz, Vanderlan Farias e Beto Lemos são os responsáveis pelo Jardim da Casa Cor. Um grande desafio: extremamente longo, com aproximadamente 35X5 metros (comprimento X largura), e formato irregular. Para suavizar o impacto visual estreito eles verticalizaram o máximo possível com plantas altas. Os tons escuros dos acabamentos compõem com o verde exuberante da vegetação. Destaque para a piscina da Igui Piscinas, feita de fibra e com acabamento de pastilhas de vidro e para as instalações artísticas de grande impacto do artista plástico Tony Reis, que remete à mão do homem que agarra a árvore, reforçando a necessidade e o instinto natural de proteger a natureza e o meio ambiente.