22°
Máx
14°
Min

“Colors Shaped My Heart” ganha exposição na Galeria de Arte Zilda Fraletti

“Colors Shaped My Heart” em exposição na Galeria de Zilda Fraletti

As cores e o clima tão característicos do Brasil ganharam o coração do artista plástico português Eduardo Bragança. Seus dois anos no país o inspiraram a criar uma nova série de obras composta por 30 peças, sendo dez esculturas e vinte telas de diferentes tamanhos. Intitulada “Colors Shaped My Heart”, a série ganha exposição homônima, com início no dia 18 de Outubro, na Galeria de Arte Zilda Fraletti, em Curitiba, e fica aberta para visitação até o dia 05 de Novembro.

As cores são a obra prima para suas criações e a vivência no Brasil o inspirou a criar uma nova linguagem cromática para suas peças: “Ao longo de mais de dois anos morando em um novo país, foi necessário estabelecer um gatilho que desencadeasse um processo novo, um novo chão para o meu trabalho. Esse processo se desencadeou pelo que me rodeia e pela tropicalidade de um país que me acolheu muito bem, nas mais variadas formas. As cores e as intensidades climáticas foram as maiores influências”, explica Eduardo.

O sorriso é a mais frequente reação dos apreciadores de sua arte. As 30 obras expostas em Curitiba a partir do dia 18 de Outubro traduzem um universo colorido e inebriante. As mensagens, sempre presentes nas criações de Eduardo, provocam e exploram as mais profundas emoções do espectador, convidando-os a reflexão e redescoberta de sentimentos adormecidos. A série, que dá nome à exposição, traduz a alma do artista: “Todos os dias procuro uma linguagem, um sentido e uma forma de me relacionar em algo que desencadeie um novo processo, uma nova receita, uma formula de ter algo “inspirador". O dia a dia é a base de experimentos que aplico nas mais diversas formas plásticas”, conta. Ainda de acordo com ele, “Colors Shaped My Heart” é uma exposição autoexplicativa: “O meu trabalho percorreu diversas fontes, bebendo influências que foram decisivas para acrescentar na minha nova linguagem cromática, um frescor e um certo senso de positividade”, explica Eduardo.

Além de suas telas, as esculturas são um capítulo a parte: “Elas são uma sucessão das minhas pinturas”, pontua Eduardo. Trazidas dessas pinturas, as peças, chamadas carinhosamente de “Color Strokes” por seu criador, são um retrato fragmentado de cada uma delas, exploradas na forma de grandes pinceladas. “Elas são fragmentos de cor com expressões textuais, abstratas e poéticas, que visam as duas principais características do meu trabalho, subliminarmente assinaladas, o humor e o amor", finaliza.

Sobre Eduardo Bragança

Designer de moda por formação, Eduardo Bragança entrou no mundo das artes plásticas em 2003 e não saiu mais. Sua primeira exposição, em 2005, lhe rendeu um convite para integrar o arquivo do Registro Nacional dos Artistas Plásticos Portugueses. Indicado como “revelação da pintura contemporânea” pela revista grega Freemag em 2006, o artista passou a ter seu trabalho reconhecido internacionalmente, integrando coleções privadas pelo mundo.

Serviço

MOSTRA “COLORS SHAPED MY HEART”

End.: Galeria Zilda Fraletti, Av.do Batel, 1750.

Data: de 18 de Outubro a 05 de Novembro

Horário (inauguração): das 19h e 22hs