21°
Máx
17°
Min

Serra Gaúcha - Os encantos da região mais alemã e italiana do Rio Grande do Sul

(Fotos: Marina Cotovicz) - Serra Gaúcha - Os encantos da região mais alemã e italiana do Rio Grande do Sul
(Fotos: Marina Cotovicz)

A Serra Gaúcha está no nordeste do estado do Rio Grande do Sul e apresenta características socioculturais específicas, como acentuada influência alemã e italiana, grande produção de uvas e vinho e desenvolvida indústria turística. Fizemos um tour pela região e fomos até Gramado, canela, Caxias e Bento Gonçalves com parada final em Porto Alegre.

Gramado / Canela

Uma cidade que se reinventa a cada ano é Gramado: não importa quantas vezes já passou por lá - sempre tem algo novo para conhecer.

Estivemos na cidade em janeiro e conseguimos pegar todas as atrações e decoração de Natal. Sim, lá a época natalina vai de final de outubro à primeira quinzena de janeiro. Ou seja, dura quase três meses! O turista realmente se encanta: a cidade inteira se enche de luzes e atrações.

A melhor forma de conhecer a cidade é andar a pé pela região da Rua Coberta - o point de Gramado com inúmeras opções de lojas e restaurantes. As apresentações natalinas gratuitas e ao ar livre também acontecem no entorno da rua. E para quem deseja conhecer os parques e atrações de Gramado e Canela (cidades vizinhas separadas por 9 km), indicamos pegar o BusTour.

BusTour

O ônibus panorâmico percorre os principais atrativos turísticos da região, com o sistema hop on / hop off (embarque e desembarque livre) seguindo os mesmos moldes das principais cidades turísticas do mundo, ou seja, você pode subir e descer quantas vezes quiser. Em operação desde novembro de 2013, o BusTour percorre mais de 30 pontos entre as cidades de Canela e Gramado. Algumas opções:


1. Mundo  a Vapor

É um lugar para adultos e crianças. O que começou com uma brincadeira de criança, em uma garagem, tomou forma e virou um Parque Temático que completa 25 anos! Traz miniaturas de olaria, serraria, pedreira, siderúrgica e fábrica de papel com proporções exatas, detalhes perfeitos e apresentando todos os movimentos, com funcionamento mecânico completo, tal como as máquinas de tamanho original. Em cada uma das mais de 20 réplicas há demonstrações e explicações de funcionamento. Sim, você vai poder conferir a madeira virando papel, e o ferro fundido virando uma barra de metal. A fachada do local é uma reconstituição do famoso acidente ferroviário acontecido na estação de Montparnasse em Paris, em 1895, quando uma locomotiva cruzou desgovernada e em alta velocidade a estação e atravessou uma parede, ficando pendurada a 12 metros de altura.

www.mundoavapor.com.br

R$ 22,00 adultos. R$ 11,00 Crianças (6 a 15 anos), idosos e estudantes.


2. Terra  Mágica Florybal


O parque agrada em cheio as crianças e tem um pouco de tudo: mina de chocolate, mina preciosa, mundo animal, mini fazenda de cacau e homens de pedra. Mas o que realmente encanta, principalmente os meninos, é o Território dos Dinossauros, onde eles se deparam com réplicas perfeitas de dinossauros que se movem e emitem sons característicos de suas espécies, além de dezenas de esculturas reproduzidas em tamanho natural. Há também o trem Dino Móvel que dá uma volta no parque e o restaurante temático Dino Burger.

www.parqueterramagicaflorybal.com.br

Adulto R$ 40,00. Infantil R$ 30,00 (4 a 12 anos). Idoso/Estudante R$ 20,00


3. Mini  Mundo


O Mini Mundo é um parque ao ar livre formado por réplicas fiéis de prédios de várias partes do mundo, ricas em detalhes e baseadas em seus respectivos projetos originais. Juntas elas constituem uma cidade em miniatura, em um tamanho 24 vezes menor do que a realidade. É uma das atrações mais visitadas e conhecidas de Gramado. Conta com infraestrutura local para alimentação, lojas temáticas e espaço infantil.

www.minimundo.com.br

R$ 24,00 (adulto). R$ 15,00 (infantil - 2 a 12 anos). R$ 12,00 (idoso)


4. Alpen  Park


A atração em Canela já vale pelas inúmeras descidas de trenó – brinquedo âncora do parque, que inaugurou em 2003 com o equipamento importado da Alemanha, o Alpine Coaster. No Trenó o visitante possui em suas mãos o total controle da velocidade e pode chegar até 40km/h na descida em meio à mata. Atualmente são 37 trenós disponíveis que geram um passeio de aproximadamente cinco minutos. O Alpen Park oferece também uma variedade de atrativos que fazem a adrenalina falar mais alto, como a Torre de Rapel, Muro de Escalada, Tirolesas, Quadriciclo, Mini Golfe, Alpen Kids, Cinema 4D, entre outros.

www.alpenpark.com.br

Passaporte Alpen Park (inclui Trenó, a Montanha Russa, Cinema 4D e Super Game 5D). R$78,00. 

Há possibilidade de comprar ingressos para atrações individuais


5. Bondinhos  Aéreos


Localizado a 500 metros após o Parque do Caracol, o Parque da Serra possui uma área de 60 hectares e sua maior atração é o Bondinho Aéreo. No percurso o visitante desfruta de belas paisagens chegando na Estação Cascata, em um cenário espetacular que tem como pano de fundo a Cascata do Caracol. No meio do trajeto, na Estação Animal, há o Espaço das Esculturas que Falam, com cerca de 85 peças talhadas em madeira pelo artista plástico Masaharu Hata. As esculturas reproduzem a aparência e também o som dos animais, permitindo ao visitante interagir com cada peça.

www.parquesdaserra.com.br

R$ 39,00 (adulto). R$ 19,00 (6 a 12 anos e idosos)


6. Parque  do Caracol


No Parque Estadual do Caracol, pela Escada da Perna Bamba, dá para chegar até a base da Cascata observada no Bondinho. No parque há diversas barraquinhas de artesanatos, produtos coloniais, vestuário e alimentação. Ingressos vendidos à parte: elevador panorâmico que conduz o visitante à plataforma com 27 metros de altura e passeio de trem pelo local num percurso de 800m.

www.parquedocaracol.com.br

R$ 9,00 (6 a 11 anos, estudantes e maiores de 60 anos). R$ 18,00 (12 a 60 anos)


7. Lago  Negro


Inicialmente chamava-se de Vale do Bom Retiro. Após um incêndio que arrasou a imensa mata existente na região, Leopoldo Rosenfeldt construiu um lago em 1953, decorando suas margens com árvores importadas da Floresta Negra da Alemanha, daí o seu nome, Lago Negro. Uma delícia visitar o local. A dica é ir pela manhã, quando está mais vazio. Além de percorrer as trilhas do parque, dá para fazer um passeio de pedalinho pelo lago.

Lago Negro – entrada gratuita

Pedalinho

Cisne: R$ 15,00 p/ 2 pessoas e 01 criança até 3 anos

Cisne Familia: R$ 25,00 p/ 2 adultos e 2 crianças até 8 anos

Caravela: R$ 25,00 p/ 2 adultos e 2 crianças até 8 anos


8. Catedral  Canela


A Catedral Nossa Senhora de Lourdes, mais conhecida como Catedral de Pedra, é lindíssima e imponente! Seu estilo característico é o gótico inglês: possui uma torre com 65 metros de altura, e um carrilhão de 12 sinos de bronze, fabricados pela fundição Giácomo Crespi, na Itália. Em seu interior destacam-se três painéis de telas pintadas pelo artista gaúcho Marciano Schmitz, retratando a "Aparição de Nossa Senhora", a "Alegoria dos Anjos" e a "Anunciação". Foi eleita uma das Sete Maravilhas do Brasil em 2010, e em comemoração ganhou um novo sistema de iluminação externa.


Gastronomia

1. Mundo  do Chocolate


Uma atração que alia curiosidade com gastronomia. Inaugurado em 2015, o parque temático traz deliciosas esculturas: de pontos turísticos a animais e objetos. São 25 toneladas de chocolate em mais de 200 atrações esculpidas a mão! O passeio é lúdico, convidando os visitantes a mergulharem na história do Sr. Suisse e sua netinha Avelã.  O parque é dividido em países e cada espaço conta com monumentos turísticos e detalhes que remetem ao local. Para que as peças sejam conservadas, está sempre na temperatura de 18ºC. No final o visitante ainda ganha uma degustação de chocolate líquido. Há ainda uma loja com diversos tipos e opções de chocolate, e um café com cardápio variado: de pratos prontos a deliciosas bebidas - quentes ou geladas.

www.facebook.com/mundodechocolatelugano


2. Boreal  Rasen Gastro Pub


O novíssimo pub no Centro de Gramado traz boa gastronomia, variedade de bebidas e inusitada decoração. Inspirado no Polo Norte, o ambiente temático se utiliza de elementos rústicos que transportam o cliente para uma das regiões mais frias do planeta. O cardápio tem assinatura de Eduardo Natalício, que criou petiscos bem elaborados. Não deixe de provar o Pirulito de Lagosta com Queijo Coalho e Purê de Mandioquinha (R$ 29,30) e a Trilogia de Camarão – Chiclete de camarão com geléia de pimenta, Camarão com bacon e mel defumado, e Camarão ao natural com maionese defumada (R$ 27,90).

www.facebook.com/borealrasen


3. Magnólia


Sem dúvidas uma das melhores opções gastronômicas da região. Realmente é um lugar diferente, que reúne cinema, gastronomia e bar num mesmo lugar. Logo na entrada você se depara com uma ambientação de cozinha retrô, cheia de objetos antigos em perfeito estado. Nesta mesma entrada tem a Magnólia, a personagem que dá vida ao restaurante localizado em Canela. No andar de cima, requinte, luxo e deliciosa gastronomia. No espaço funciona também um cinema com poltronas aconchegantes. Durante a semana, sempre às 20h30, há uma sessão de filmes com temas que variam conforme a época. Nos finais de semana passa desenhos e filmes para as crianças curtirem enquanto os pais jantam (há também Espaço Kids). Dica do cardápio? Prove o Filé Magnólia (com castanhas, canela e risoto de maçã verde com gorgonzola – R$ 54) e de sobremesa o Gatsby (torre de mousse de chocolate branco, amêndoas e fava de baunilha acompanhada de vinho do Porto - R$22). Está sempre cheio - necessário fazer reserva.

www.facebook.com/pages/Restaurante-Magnolia-Canela-Rs


Hospedagem

Hotel Cercano


O hotel é super novo. Inaugurado em outubro de 2015, possui 70 apartamentos com infraestrutura projetada para total conforto dos hóspedes. Tem uma posição privilegiada: está bem no Centro de Gramado, perto das melhores atrações, a uma quadra da Rua Coberta. O café da manhã ganha versão gourmet em cardápio assinado pela chef Carol Heckmann, que fica também responsável pelos pratos servidos nos quartos. São três tipos de acomodações: Luxo, Luxo Especial e Suíte. Todos com calefação, ar-condicionado, cofre, frigobar, WIFI e TV a cabo.

www.hotelcercano.com.br


Caxias do Sul / Bento Gonçalves

Distante 69 km de Gramado, Caxias do Sul é uma cidade que vale a pena a visita, com diversos roteiros turísticos, seja de visitas à vinícolas, castelos, museus, roteiro de aventura em meio à natureza ou de grande riqueza histórico-cultural. Em Caxias, não deixe de visitar:


Igreja São Pelegrino


A devoção a São Pelegrino, em Caxias do Sul, está vinculada aos primórdios da imigração italiana e à fundação da cidade. A igreja ganhou fama em virtude de um grupo de obras de arte que abriga. A mais importante, sem dúvida, é a série de murais e pinturas em tela feitas pelo italiano Aldo Locatelli, que cobrem as laterais e todo o teto da igreja, ilustrando a Criação do Cosmo, a Criação da Mulher, a Expulsão do Paraíso e o Juízo Final. Na entrada da igreja também fica a réplica da Pietà, de Michelangelo - doada pelo Papa Paulo VI em 20 de maio de 1975, nos 100 anos da imigração italiana no Rio Grande do Sul.


Museu de Ambiência Casa  de Pedra


A Casa de Pedra construída no século XIX traz dois pisos e rejunte de barro - transformada em museu no ano de 1975, com objetos em seu interior, que retratam os afazeres dos imigrantes e de seus descendentes, doados pela comunidade caxiense. Entrada free.


Bento Gonçalves - Caminhos de Pedra

A 40 minutos de Caxias fica a cidade de Bento Gonçalves. Na região é possível fazer o Caminhos de Pedra - roteiro que visa resgatar, preservar e dinamizar a cultura que os imigrantes italianos trouxeram à Serra Gaúcha a partir de 1875.

Pelo Caminhos de Pedra é possível visitar a Casa da Erva-Mate. No local é feita a demonstração do processo de produção artesanal com históricos soques movidos à roda d'água. No varejo, que funciona no porão da residência da família Ferrari, é explicado ao visitante todo o ritual da preparação do tradicional chimarrão gaúcho seguido de degustação do mesmo. A loja também concentra uma grande variedade de artigos e produtos ligados à erva-mate e ao tradicionalismo gaúcho que podem ser adquiridos pelo visitante. Tem de cerveja produzida com a erva, até produtos de beleza! R$ 5,00 a taxa de visitação já com a explicação do processo de produção da erva-mate.


Na Casa do Tomate é possível degustar derivados do tomate e conhecer um pouco da história local. Na loja há 48 produtos derivados do fruto entre geleias, sucos, refrigerantes, molhos, licores...

Já a Casa da Ovelha traz experiências típicas de uma fazenda de ovinos.  Lá é possível conferir a Amamentação de cordeiros, o Pastoreio de ovelhas com cães Border Collie, Alimentação das ovelhas adultas, Ordenha e degustar os produtos produzidos na propriedade. O queijo feito com leite de ovelha realmente é delicioso! (ingresso: R$ 25,00 adulto).


Na Cantina Strapazzon o personagem principal é o vinho. No local, desde 1992 são acolhidos os visitantes e explica-se todo o processo de elaboração do vinho. No porão o visitante pode degustar e adquirir produtos coloniais como: pão, queijo, salame, copa, vinhos, graspa e suco de uva. Lá também foi cenário do filme O Quatrilho. Taxa de Visitação e degustação: R$ 5,00 por pessoa.

No trajeto é possível conferir a árvore onde, por volta de 1.870, morou uma família de oito pessoas (casal com filhos) durante dois anos, até terminassem de construir sua casa (ao lado). Sim, moraram ali, nesse buraco!


Outra atração imperdível é o passeio de Maria Fumaça. O trem a vapor é uma grande atração da Serra Gaúcha. São 23 quilômetros de percurso com 1h30min de duração, entre os municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa. Durante o passeio, a festa é comandada pelo coral típico italiano, pela dupla que toca a tarantela e pelos gaúchos que fazem um pequeno teatro. Ou seja, além da vista e do passeio em si, ainda há diversas atrações durante o trajeto, dentro do próprio trem. Pra quem parte de Carlos Barbosa, logo na chegada há um belo show de música italiana. Na parada em Garibaldi há degustação de espumante e suco de uva, e no ponto final, em Bento Gonçalves, os turistas são recepcionados com um saboroso vinho. É necessário fazer reserva, pois a Maria Fumaça está sempre lotada. R$ 70,00 por pessoa.

www.caminhosdepedra.org.br


Receptivo

A Arte do Turismo localiza-se em Caxias do Sul e oferece traslados dos aeroportos e rodoviárias; Passeios turísticos personalizados e regulares a partir de duas pessoas; Pacotes com hospedagem em toda a região; Bloqueios em hotéis e trem Maria Fumaça; Guias de Turismo cadastrados incluindo bilíngües; Transportes executivos e Receptivo para eventos e negócios. É uma das maiores e mais conhecidas da região.

artedoturismo.com.br


Hospedagem

Blue Tree


A dica pra ficar em Caxias é se hospedar no Blue Tree. Além do atendimento e serviço impecáveis, oferece excelente opção de gastronomia, área de lazer com sauna, academia e piscina coberta e aquecida, e suítes temáticas. Aproveite para se inspirar na região e ficar na Suíte Gaúcha. Padrão sofisticado e cheio de mimos para os clientes – características dos hotéis de toda a Rede Blue Tree.

www.bluetree.com.br


Porto Alegre

Porto Alegre reserva gratas surpresas. Ainda que seu destino seja a Serra Gaúcha, vale a pena ficar pelo menos uns três dias na capital. E não esqueça de tentar encaixar o domingo na cidade, pois é nesse único dia da semana que acontece a feira do Brique da Redenção. Localizada junto ao Parque Farroupilha (ou Parque da Redenção), funciona das 9h às 17h, e traz barracas de diversos produtos locais. Os expositores do Brique estão divididos em quatro segmentos: artesanato, artes plásticas, alimentação e antiquário. E é ali que se misturam moradores e turistas, fáceis de identificar: os primeiros sempre estão com uma cuia de chimarrão na mão. Após o passeio pelo Brique dá para curtir o Parque Farroupilha e fazer caminhadas, levar as crianças no parquinho ou observar o estilo gaúcho de ser.

O famoso pôr-do-sol no Guaíba faz jus à fama que tem. Realmente é a melhor expressão geográfica de Porto Alegre. Vários barcos fazem passeios pelo Guaíba ou dá simplesmente para curtir o principal cartão postal da cidade na praia de Ipanema, Zona Sul, caminhando pelo calçadão do bairro às margens do lago ou em um dos muitos bares da orla. E no verão o sol vai embora tarde: depois das 8h30 da noite!

Imperdível também é uma ida ao Museu de Ciências e Tecnologia da PUC-RS. O lugar é fantástico – para adultos e crianças. É um espaço que estimula a curiosidade científica e os sentidos. São três andares de pura interatividade em mais de 800 experimentos que dá para interagir, mexer, experimentar, tocar. Que tal andar em uma bicicleta que simula a geração de energia? Ou ir no Giroscópio Humano para sentir a falta de gravidade total? O museu é referência na América Latina. 

Ingressos: R$ 28,00 (inteira).

 www.pucrs.br/mct


Já o Pampa Safári fica pertinho de Porto Alegre, em Gravataí (20 km do aeroporto de POA). É o maior parque safári da América do Sul e compreende uma área de 320 hectares. A ideia é excelente: ao longo de dez quilômetros de estradas, o visitante pode observar de dentro do seu próprio veículo animais como: zebras, camelos, diversos tipos de cervos, flamingos, emas, capivaras, macacos-prego, cisnes, etc. Há, ainda, aproximadamente 70 espécies de pássaros que naturalmente vivem no parque. É uma boa opção para substituir as terríveis jaulas dos zoológicos. Mas falta estrutura no parque, como uma boa lanchonete. Ainda assim, é legal para levar as crianças. 

R$ 70,00 por carro (com até 5 pessoas). 

www.pampasafari.com.br


Hospedagem

Radisson

Localizado em excelente região, distante a 8 km do aeroporto e próximo dos melhores parques da cidade, a dica é ficar no Radisson. O hotel é muito elegante e tranquilo, com elevador panorâmico, recepcionistas bem atenciosos e café da manhã completo. Diversas opções e preços variados de suítes.

www.atlanticahotels.com.br