Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Extrateto: Governo do Estado investe R$ 136 mi na saúde iguaçuense

Extrateto: Governo do Estado investe R$ 136 mi na saúde iguaçuense 

 Mais recurso - O governador Beto Richa (PSDB) colocou na ponta do lápis os investimentos do governo do Estado na saúde iguaçuense. Em quatro anos investiu R$ 86 milhões extrateto. Até o final do ano serão investidos outros R$ 50 milhões. Em cinco anos terá despejado R$ 136 milhões na saúde da fronteira.      

 Prefeito diplomado - O deputado Chico Brasileiro foi diplomado prefeito. A solenidade, realizada no Fórum Eleitoral, foi conduzida pelo juiz Marcos Frazon. O prefeito eleito disse que este é o primeiro passo do “processo de recomeço da cidade”.

Evento oficial – Chico Brasileiro assistiu a assinatura do convênio no valor de R$ 1 milhão. O dinheiro será destinado à aquisição de equipamentos para o futuro Pronto Atendimento Infantil. Depois garantiu que toda obra inaugurada durante sua gestão vai efetivamente funcionar.

Obras inacabadas - Durante a audiência pública que tratou da gestão do SUS, o promotor Marcelo Mafra, exortou o vice-prefeito Nilton Bobato no sentido de que nenhuma obra seja iniciada sem dar solução às inacabadas.        

 Ninho tucano - O ex-candidato a prefeito Phelipe Mansur vai para o PSDB. Partido onde quase iniciou a carreira política. A ficha será avalizada pelo prefeito de São Paulo, João Dória e pelo governador Beto Richa.

Primeira filiação - Quando ensaiava os primeiros passos como candidato, Mansur foi sondado pelo DEM e pelo PSDB. Na época ponderou as possibilidades. Preferiu assinar ficha no PHS. A permanência na legenda durou pouco.

Segunda filiação - Migrou depois, de mala e cuia, para o REDE. Disputou as duas eleições para a prefeitura pelo partido. Agora integra o tucanato da fronteira.

Peemedebistas frustrados - A decisão provocou decepção em alguns peemedebistas. Imaginavam a possibilidade de abrigar Mansur que recebeu apoio do partido nas  últimas disputas.

 Conflitos internos - Na eleição suplementar, com o PSDB integrando a coligação, o diretório do PMDB local enfrentou a forte resistência da direção estadual. Houve, inclusive, ameaça de intervenção caso a aliança fosse confirmada.

 Caminho diverso – Contudo, depois de todo o processo traumático, com ranhuras nas relações peemedebistas, Mansur optou por se aninhar justamente no pomo da discórdia, ou seja, no contestado ninho tucano.

Culpa alheia - O vereador afastado Luiz Queiroga prestou depoimento ao Conselho de Ética da Câmara. Reforçou que a posse dos vereadores, determinada pela Justiça, ocorreu como ocorreu por decisão da Mesa Diretora do Legislativo.

Mandato atual - Queiroga, um dos subscritores da criação do Conselho de Ética, repetiu o mantra de que não cometeu nenhum ato irregular no mandato atual. Arrematou lembrando que a atual legislatura não tem autonomia de investigar a passada.

Visita técnica - Os vereadores que fazem parte da Comissão de Obras, urbanismo, serviços públicos, ecologia e meio e ambiente da Câmara Municipal vistoriam, na segunda-feira (24), as obras do Pronto Atendimento do Morumbi.

Greve geral - O Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Foz do Iguaçu aderiu à greve geral. No dia 28 de abril os educadores sairão às ruas brandindo faixas e cartazes contra as reformas trabalhista, da previdência e a proposta de terceirização.

Educadores mobilizados - A APP/sindicato participa da Greve Geral em Foz do Iguaçu. Vai se unir aos sindicatos e movimentos sociais no ato público unificado.

Trânsito humanizado - A Semana do Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho será marcada por uma série de atividades em Foz. A programação inclui exposição pública, panfletagem de conscientização e painel de debates ao longo de três dias. Os eventos têm início na terça-feira (25).

Acidentes fatais - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realiza a operação Tiradentes. Os focos prioritários da fiscalização são o excesso de velocidade, a embriaguez ao volante e as ultrapassagens irregulares. As três principais causas dos acidentes que resultam em mortes em rodovias federais.

Eleições antecipadas - Os senadores Roberto Requião (PMDB) e Jorge Viana (PT) defendem que o Brasil siga o exemplo da Inglaterra. A primeira-ministra, Theresa May, solicitou ao Parlamento a convocação de novas eleições parlamentares três anos antes do término dos atuais mandatos. Para Requião a Inglaterra deu o exemplo: “na crise, eleições gerais”.

Presidente irritado - O presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia, participando de um evento em Foz do Iguaçu, ficou profundamente irritado com a pergunta de um jornalista. Não gostou de ser comparado a Eduardo Cunha.

Comparação indigesta - “O Senhor é o novo Eduardo Cunha?”, questionou o jornalista ao comentar a manobra para votar a urgência na reforma trabalhista. Maia perguntou se o repórter conhecia o Regimento da Casa. E emendou: “Então não faça uma pergunta idiota dessa para mim.” Baixou o pano. Terminou a cena.