Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Do limão, fez uma limonada

A SM Sports decidiu rescindir os contratos com o goleiro Zé Carlos e com o zagueiro Luizão. Os dois partiram para a agressão depois do jogo em Pelotas e a TV mostrou tudo. Foi um dia de muitas conversas até se chegar ao desfecho. Muitos acreditavam que tudo acabaria em multa. A decisão, embora ninguém confirma, acabou sendo uma saída estratégica para a direção. 

Explico. O zagueiro, que marcou o gol do acesso à Série B, não vinha sendo aproveitado pelo treinador. Comentários diziam sobre problemas extracampo, o que não compete aqui analisar, já que a nossa função é observar o que acontece dentro de campo. Quanto ao goleiro, a insegurança demonstrada nos dois primeiros jogos, já era assunto dominante entre os membros da comissão técnica. Assim, ao dispensar os dois, a SM Sports livrou-se de possíveis problemas futuros.

Vem aí mais reforços. O gestor Sérgio Malucélli negocia o retorno do zagueiro Dirceu, ídolo da torcida alvi celeste. Ele passou uma temporada no futebol português e ao retornar assinou com o Figueirense. Mas vinha treinando em separado por motivos não revelados. Será que ainda pode ser a solução? Para o setor , o técnico Claudio Tencati conta com Silvio, Matheus, Marcondes e Ícaro. Muito pouco para enfrentar uma maratona de 36 jogos. Falou-se também na volta do Felipe Soutto, que jogou a Série B em 2016.  Sobre goleiro, já há entendimentos para o substituto do Zé Carlos. Por ora, César e Alan vão disputar a vaga.