Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Mais um sonho adiado

(Foto: Reprodução / Facebook Londrina) - Mais um sonho adiado
(Foto: Reprodução / Facebook Londrina)

Foi assim na Série B de 2016. Na penúltima rodada, o Londrina perdeu em casa para o Avaí por 1 a 0, e terminou em sexo lugar com 60 pontos. Em 2017, outro tropeço no Estádio do Café, também na penúltima rodada, 0 a 0 contra o América-MG. Ficou em quinto lugar com 62 pontos. E neste 2018 o filme se repetiu: derrota em casa para o fraco time do CRB (estava na zona de rebaixamento) por 2 a 1 e deu adeus à Série A. 

Fortaleza e Goiás já subiram e as outras duas vagas sendo disputadas por Avaí, Ponte Preta e CSA. A pergunta que não quer calar: de que valeu a histórica reação do LEC no segundo turno ( fechou o turno na zona de rebaixamento)? Ainda lidera o returno à frente de Fortaleza, Goiás , Ponte Preta e CSA. Quando mais precisou, empatou com o Oeste e perdeu para o fraco CRB. E depois do jogo de sexta-feira(16) ainda tinha torcedor fazendo contas. Avaí e Ponte Preta precisariam perder as duas ultimas partidas e o Londrina venceu o Guarani em Campinas. O Avaí foi a Maceió e venceu o CSA(1x0) e o Goiás foi a Barueri e venceu o Oeste(3x1). 

Agora vem o desmanche. Pouquíssimos permanecerão. O treinador Roberto Fonseca deverá dirigir um time no Campeonato Paulista ano que vem, retornando para comandar o LEC na Série B. No Campeonato Paranaense, o time deverá ter como base o Sub-19.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo