Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Três quedas?

Os três times da Capital do Paraná estavam muito bem no início do ano. O Atlético bem na Pré-Libertadores, o Paraná bem na Copa do Brasil e o Coritiba bem e Campeão Paranaense. Este alinhamento que foi quase um eclipse dos 3 clubes terminou e já caíram 2 técnicos (pelo menos até o fechamento desta coluna).

O Atlético empatou com o líder invicto e na casa dos caras. É um aviso que este time tem jeito e que a limpa que assustou a torcida acabou sendo positiva. Se Paulo Autuori topar a sua volta, o time vai se motivar e tudo indica que melhores dias virão na Arena. O ex-técnico e ex-diretor vai se reunir com a diretoria e acredito que deva acertar seu retorno.

No Coritiba, a insistência em algumas trocas que o Pachequinho faz deixam o torcedor irritado. Ele fosse repetir os acertos, quando fez substituições e o time virou placares, ele prefere repetir o erro de colocar em campo Alecsandro, que já provou em vários jogos que não tem a mínima condição, pelo menos é o que o torcedor cobra quando chama o treinador de burro. Eu não acho Pachequinho um burro. O grande problema é quando o técnico vai na coletiva de imprensa e depois do seu time jogar mal e perder aos olhos de todos, ele vai na entrevista e diz que o Coritiba jogou bem e dominou a partida.  

Há 6 dias eu postei que Curitiba iria ver 3 técnicos caindo e logo. Cristian de Souza caiu na sexta-feira, após a derrota para o Oeste. Como Eduardo Baptista caiu e Pachequinho está na corda bamba, não é que eu seja mágico, vidente ou astrólogo. Na verdade eu vejo os mesmos jogos que você e tenho minhas convicções.