Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

EUA: Número de empregados aumenta em 312mil mas desemprego sobe. Como?

- EUA: Número de empregados aumenta em 312mil mas desemprego sobe. Como?

Departamento de Trabalho norte-americano divulgou às 11:30 de hoje um crescimento de 312.000 nas posições de trabalho em dezembro, superando todas as previsões e empolgando os Mercados.

Salários (valores da hora de trabalho) aumentaram em 3,2%. Igualando crescimento visto somente em 2009.

Enquanto isso, a taxa de desemprego subiu para 3,9%. Como é possível?


Nessa primeira sexta-feira de 2019, o Departamento de Trabalho Norte-Americano divulgou um impressionante crescimento de 312.000 no número de pessoas empregadas nos Estados Unidos. Esse foi o maior crescimento mensal desde fevereiro de 2018, quando o aumento foi de 324.000 e o segundo maior desde Julho de 2016, quando o aumento foi de 325.000 posições de trabalho.

Outra ótima notícia foi o aumento de 3,2% no valor da hora trabalhada, o que seria similar a dizer que o salário médio cresceu 3,2% em dezembro. Isso animou bastante os mercados, uma vez que mais renda significa mais consumo e a economia norte-americana é baseada fundamentalmente em consumo.

Principais Índices norte-americanos em forte alta. Gráfico intraday. Fonte: BloombergPrincipais Índices norte-americanos em forte alta. Gráfico intraday. Fonte: Bloomberg 

Na aparente contra-mão, o Departamento de Trabalho divulgou que a taxa de desemprego subiu para 3,9%. Daí vem a questão-chave: Como a taxa de desemprego aumentou uma vez que a quantidade de pessoas empregadas cresceu? O que acontece é que nos EUA (assim como no Brasil) é que não consideram desempregadas as pessoas que não trabalham mas que não procuram empregos. E a razão para o crescimento da taxa de desemprego foi o aumento da quantidade de pessoas que antes não tinham interesse em trabalhar mas voltaram a procurar empregos. Esse dado é uma faca de dois gumes: Por um lado é importante a Economia estimular pessoas a voltarem ao mercado de trabalho. Algo como "nossa, todos a minha volta estão tão bem e felizes... acho que posso melhorar também. Vou retornar ao mercado de trabalho, produzir, consumir, etc". Por outro, é mais um indicativo de possível Bolha de Euforia Econômica. E é justamente esse ponto que muitos gestores de patrimônio discutem nesse momento.

A última vez que tivemos diminuição mensal nas vagas de trabalho foi em Setembro de 2010, quando apresentou queda de 63.000 no número de pessoas empregadas.

Desde 2010 foram criadas mais de 20 milhões de vagas de trabalho nos EUA. Entre 2008 e 2009 (em meio a Crise Econômica) a redução de vagas foi na ordem de "apenas" 8milhões.


OS DOIS LADOS DA MOEDA:

O número de pessoas empregadas cresceu!
- Ótimo! Mais pessoas com renda.
- O Banco Central Norte-Americano (FED) tem mais tranquilidade para continuar aumentando juros uma vez que a Economia continua mostrando sinais de força e crescimento. E juros maiores significam maior endividamento público, dólar mais caro no Mundo, menor propensão a investimentos em Bolsa de Valores e indica uma preocupação em estar formando uma Bolha Econômica (cada vez mais aparente). 

O valor do salário cresceu! 
- Ótimo! Maior renda significa maior consumo. E maior consumo significa mais vendas. E mais vendas significa mais lucros para as empresas.
- O Salário cresceu e isso significa que as empresas estão apostando no aumento da produtividade e vendas. Com isso, estão dispostas a pagar mais pelo serviço. Nesse cenário, as pessoas aumentam a propensão ao endividamento, contando que a euforia continuará, e geram descontrole do fluxo de caixa pessoal/familiar. Esse é outro famoso indicativo de Pré-Crise: a euforia conjunta dos empresários e empregados. 

Mais pessoas voltaram a querer trabalhar! 
- Ótimo! Com isso, mais pessoas querendo ter mais renda e consumir mais.
- Número de pessoas procurando emprego aumenta e por uma regra básica de Oferta e Demanda, o salário médio deve cair. Em outro cenário mais preocupante, as empresas vão absorver esse adicional de pessoal, aumentando as contratações, e acelerando a Bolha de Euforia.

O desafio do Banco Central norte-americano continuará sendo o de controlar a euforia e impedir ou reduzir um estouro de Bolha Econômica.

Nesse momento, os principais índices norte-americanos apresentam forte alta: Dow Jones (+3,64%)  |  S&P500 (+3,44%)  |  NASDAQ (+4,49%)

No Brasil, o IBovespa tem alta de 0,70% aos 92.200 pontos e o Dólar é negociado a R$ 3,72 em queda de 1,10%.


EXTRA: Dados mensais de Vagas de Trabalho criadas mensalmente nos EUA, desde 2008 

(Fonte: USA Bureau of Labor Statistics Data. Dados em base mil)

ANO
Jan
Feb
Mar
Apr
May
Jun
Jul
Aug
Sep
Oct
Nov
Dec
TOTAL ANUAL
2008
8
-81
-55
-229
-184
-154
-213
-277
-443
-475
-759
-707
-3.569
2009
-787
-704
-802
-704
-354
-469
-342
-196
-229
-209
12
-277
-5.061
2010
18
-73
193
221
522
-140
-78
-16
-63
267
129
73
1.053
2011
44
182
254
323
81
234
72
112
233
209
145
201
2.090
2012
348
233
264
72
117
68
156
173
194
153
130
243
2.151
2013
207
265
156
179
240
158
111
260
201
210
221
93
2.301
2014
174
182
261
311
252
306
196
226
284
255
307
251
3.005
2015
211
267
78
282
326
191
256
164
88
351
264
234
2.712
2016
103
257
235
174
34
285
325
175
264
140
172
180
2.344
2017
259
200
73
175
155
239
190
221
14
271
216
175
2.188
2018
176
324
155
175
268
208
165
286
119
274
155
312
2.617


Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

 Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor!



Tem dúvidas? Quer saber mais?

Preencha seus dados abaixo, em breve um de nossos assessores estrará em contato.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo