Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

POUPANÇA: Caderneta registra em 2018 sua pior rentabilidade desde 1861

- POUPANÇA: Caderneta registra em 2018 sua pior rentabilidade desde 1861

A Caderneta de Poupança fechou 2018 com a pior rentabildiade anual desde a sua criação, em 1861.

Pela regra da Nova Poupança, aplicações realizadas após 04/05/2012 remuneram apenas 70% da SELIC + TR ao ano. Mesmo assim, continua recebendo aplicações dos menos avisados.

Veículos de imprensa tentam enganar os investidores noticiando que Poupança teve o "melhor resultado" em 2018.

A Caderneta de Poupança (os dedos doem só de escrever o nome da bendita) registrou em 2018 uma rentabilidade líquida de 4,62%, seu pior resultado desde a sua criação por Dom Pedro II em 1861. Na ocasião, o objetivo era remunerar pequenos investidores com aplicações de até 50mil réis (aproximadamente R$ 10mil*) entregando uma rentabilidade anual de 6% ao ano isenta de Imposto de Renda e com fundos garantidos pela Coroa Portuguesa. (* essa conversão foi feita usando a quantidade de ouro que compraríamos com 50mil réis na época e quanto precisaríamos em reais para comprar essa mesma quantidade hoje).

A Caderneta de Poupança registrou em 2018 uma rentabilidade líquida de 4,62%. A inflação em 2018 foi próxima de 4%. 

Ao longo dos anos, o Sistema Bancário percebeu a incrível possibilidade de transformar a Caderneta de Poupança em uma máquina de geração de liquidez nos cofres bancários e resolveram abrir para todos os investidores, inclusive pessoa jurídica, a aplicação em caderneta de poupança. A única diferença é que pessoas-físicas tem rentabilidade a cada 30 dias e jurídicas rendem a cada 90 dias.

Para aplicações na Poupança após 04/05/2012 a rentabilidade anual será de 70% da taxa SELIC. Títulos Públicos Federais indexados à SELIC rendem 85% da SELIC já líquidos de Imposto de Renda. Redem MAIS e com MENOR risco.

Desde 04 de maio de 2012 durante o primeiro Governo Dilma Roussef, passou a vigorar a chamada Nova Poupança, onde a rentabilidade anual para novas aplicações a partir dessa data seria uma variável da taxa SELIC (a meta da taxa básica de juros estipulada pelo Banco Central). Caso a SELIC seja maior do que 8,5% ao ano, a rentabilidade da poupança será de 6% ao ano mais a TR. Caso a SELIC esteja 8,5% ou menos, a rentabilidade da poupança será de 70% da SELIC. Essa medida da Nova Poupança foi emergencialmente necessária para impedir uma enxurrada de resgates dos títulos públicos federais, uma vez que a SELIC estava na casa de 8,5% com viés de baixa (e de fato caiu para 7,25% em outubro de 2012), pois a SELIC descontada de Imposto de Renda começou a ficar com rentabilidade similar à Poupança.

Vale lembrar que uma enxurrada de resgates nos Títulos Públicos Federais poderia causar Default no Tesouro Nacional, que é a incapacidade do Tesouro de honrar com os resgates e sinalizando início de Estado de Moratória. Apesar da medida ser necessária, a rentabilidade da poupança que já era sofrível, ficaria ainda pior em momentos de baixa taxa básica de juros.


Quais são os Investimentos Melhores do que a Poupança, mais rentáveis e até mais seguros: 

Títulos Públicos Federais (Leia a matéria completa clicando aqui)


Poupança vs Títulos Públicos de Renda Fixa (indexados à SELIC):

Uma aplicação de R$ 100.000,00 esquecida na Caderneta de Poupança desde 2013 (Nova Poupança) vale hoje: R$ 143.932,00  (43,93%)
Uma aplicação de R$ 100.000,00 em Título Público Federal indexado à SELIC, desde 2013, já líquido de IR vale hoje: R$ 165.468,00  (65,47%)

Uma aplicação de R$ 100.000,00 esquecida na Caderneta de Poupança desde 2004 (Antiga Poupança) vale hoje: R$ 293.710,00  (193,71%)
Uma aplicação de R$ 100.000,00 em Título Público Federal indexado à SELIC, desde 2004, já líquido de IR vale hoje: R$ 410.829,00  (310,83%)


FIQUE ATENTO:

Alguns veículos de imprensa noticiaram hoje que a Poupança registrou em 2018 o "melhor resultado" desde 2013, informa o Banco Central. Esse "melhor resultado" se refere ao saldo de aplicações contra saques. Não é sobre rentabilidade! É o Melhor Resultado só se for para o sistema bancário, que trouxe  mais recursos para um dos piores investimentos do Brasil. Você leu rápido e leu trouxa, né? :-) Também serve.


EXTRA: 

1) Assista a nossa LIVE do dia 13/11/2018 direto dos Estúdios do SBT sobre a Poupança: Link direto aqui 

2) Por que a taxa básica de juros no Brasil não pode ser alta, mas também não consegue ser baixa? Link direto aqui

 

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

 Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor!




Tem dúvidas? Quer saber mais?

Preencha seus dados abaixo, em breve um de nossos assessores estrará em contato.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo